Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Na quarta-feira, 30 de setembro de 2015, a câmara alta do parlamento russo autorizou o envio das Forças Armadas da Rússia ao estrangeiro. Este passo vem depois de Damasco ter pedido ajuda militar da Federação da Rússia no combate ao grupo terrorista Estado Islâmico (proibido na Rússia e em uma série de outros países). Antes, uma coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos tem realizado golpes aéreos contra os terroristas. Mas esta coalizão não queria admitir a participação da própria Síria, assim como da Rússia e de grupos como os peshmerga (milicianos curdos do Iraque). No entanto, as autoridades russas têm insistido que a coalizão devia ser mais inclusiva. Portanto, Moscou afirmava que não enviaria as suas Forças Armadas à Síria se não houver pedido oficial de Damasco. Agora, depois de Damasco pedir oficialmente ajuda militar russa, a Rússia enviou seus aviões para combater o Estado Islâmico na Síria.

Ataques aéreos contra o Estado Islâmico - Sputnik Brasil
Matérias
Escolher o período
mais 20 matérias
  • Nesta semana
  • Neste mês
  • Neste ano
  • Tudo
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала