14:13 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Hoje atualizado
    URL curta
    1250
    Nos siga no

    Bom dia! A Sputnik Brasil acompanha as notícias desta quinta-feira (20), marcada pela ida de Pompeo a Nova York pela reimposição de sanções contra Irã, pelo interesse dos EAU em caças F-35 e pelo coma do líder da oposição russa Aleksei Navalny após suposto envenenamento.

    DF vai modificar divulgação de dados da COVID-19

    Nesta quarta-feira (19), o secretário de Saúde do Distrito Federal, Francisco Araújo, informou que vai modificar os critérios de divulgação do número de óbitos pela COVID-19 na unidade da federação, para não "desassossegar a população". A partir de hoje (20), os boletins diários divulgarão somente os óbitos ocorridos nas últimas 24 horas e excluirão mortes por COVID-19 confirmadas na mesma data. Ao lado de AM e BA, o DF apresenta alta no número de mortes pela doença. A boa notícia é que o boletim divulgado pelo Ministério da Saúde aponta desaceleração na taxa de transmissão do novo coronavírus no Brasil pela primeira vez desde abril.

    Soldados brasileiros realizam desinfecção de mercado municipal de Belo Horizonte, Minas Gerais, 18 de agosto de 2020
    © AFP 2020 / Douglas Magno
    Soldados brasileiros realizam desinfecção de mercado municipal de Belo Horizonte (MG), 18 de agosto de 2020

    Guedes vê 'crime' em derrubada do veto de reajuste de servidores

    O ministro da Economia, Paulo Guedes, reagiu com indignação à derrubada do veto presidencial pelo Senado que impedia reajustes a salários do funcionalismo público com recursos liberados pelo pacote de socorro de R$ 60 bilhões a estados e municípios. Para Guedes, o Senado deu "um péssimo sinal", em decisão que seria "um crime contra o país". O veto a reajustes de servidores foi uma contrapartida imposta pelo governo para a liberação dos recursos durante a pandemia. A derrubada do veto presidencial será analisada pela Câmara dos Deputados hoje (20) e acirrará as discussões em torno da manutenção do teto de gastos.

    Presidente Jair Bolsonaro observa o ministro da Economia Paulo Guedes, durante lançamento de programa de acesso ao crédito, em Brasília, 19 de agosto de 2020
    © REUTERS / Adriano Machado
    Presidente Jair Bolsonaro observa o ministro da Economia Paulo Guedes, durante lançamento de programa de acesso ao crédito, em Brasília, 19 de agosto de 2020

    Pompeo ameaça Rússia e China, caso ignorem volta de sanções contra Irã

    Nesta quinta-feira (20), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, vai à sede da ONU em Nova York para pressionar pela reimposição de sanções do Conselho de Segurança da organização contra o Irã. Apesar da reimposição estar prevista em cláusula do acordo nuclear iraniano, a tentativa de Pompeo é controversa, uma vez que os EUA se retiraram unilateralmente desse acordo em 2018. Em entrevista ao canal Fox News, o secretário disse que vai responsabilizar Rússia e China, caso não cumpram as sanções: "Nós prestamos contas com todos os países que [violam sanções dos EUA]. Faremos o mesmo com aqueles que violarem sanções do Conselho de Segurança da ONU."

    Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo veste máscara protetora durante coletiva de imprensa com seu homólogo iraquiano, em Washington, EUA, 19 de agosto de 2020
    © REUTERS / Leah Millis
    Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo veste máscara protetora durante coletiva de imprensa com seu homólogo iraquiano, em Washington, EUA, 19 de agosto de 2020

    Após acordo com Israel, EAU podem ter acesso a caças norte-americanos F-35

    Os Emirados Árabes Unidos (EAU) estão interessados em adquirir caças furtivos norte-americanos F-35, disse o presidente dos EUA, Donald Trump, durante briefing à imprensa na Casa Branca, nesta quarta-feira (19). A possibilidade de compra sugere que os EAU tenham obtido o direito de adquirir armamentos dos EUA como contrapartida ao acordo de paz selado com Israel nesta segunda-feira (17). O primeiro-ministro israelense negou a barganha, dizendo tratar-se de "notícia falsa". Donald Trump ainda declarou existir a possibilidade de acordo de paz similar ser selado entre Israel e Arábia Saudita, com a mediação de Washington.

    Palestina protesta contra acordo entre os Emirados Árabes Unidos e Israel, na Cidade de Gaza, 19 de agosto de 2020
    © REUTERS / Mohammed Salem
    Palestina protesta contra acordo entre os Emirados Árabes Unidos e Israel, na Cidade de Gaza, 19 de agosto de 2020

    Líder do golpe no Mali promete governo de transição

    Nesta quarta-feira (21), o coronel do Exército do Mali, Assimi Goita, se apresentou como líder do país, um dia após golpe de Estado ter retirado do poder o presidente Ibrahim Boubacar Keita. O movimento de oposição M5-RFP, que apoiou o golpe, declarou acreditar no "comprometimento" da junta militar em realizar "uma transição política civil" de maneira "aberta". Nesta quarta-feira (19), os insurgentes impuseram toque de recolher e fecharam as fronteiras do país. A União Africana condenou o golpe e pediu a libertação do presidente Keita, dos ministros e demais funcionários do governo detidos pela junta desde terça-feira (18).

    Coronel Assimi Goita durante briefing à imprensa no Ministério da Defesa do Mali, em Bamaco, 19 de agosto de 2020
    © AFP 2020 / Malik Konate
    Coronel Assimi Goita durante briefing à imprensa no Ministério da Defesa do Mali, em Bamaco, 19 de agosto de 2020

    Líder oposicionista russo entra em coma após suposto envenenamento

    Nesta quinta-feira (20), o líder oposicionista russo Aleksei Navalny entrou em coma, após ter rápida piora em seu estado de saúde, durante voo entre cidade na Sibéria e Moscou. "Aleksei está ligado a ventilador pulmonar. Ele está em coma e seu estado é grave", informou a porta-voz do ativista, Kira Yarmysh. Informações preliminares indicavam que Navalny teria sido envenenado. No entanto, o vice-diretor do hospital, Anatoly Kalinichenko, disse a repórteres que a intoxicação está sendo estudada como "uma das possíveis razões pela deterioração do estado de saúde do paciente", mas que outras possibilidades devem ser consideradas.

    Mais:

    Drones dos EUA são flagrados caindo em chamas no noroeste da Síria (FOTOS, VÍDEO)
    Brasil tem 1.170 mortes em 24h e passa de 111 mil óbitos por COVID-19
    Coreia do Norte possui até 60 bombas atômicas e 3º maior arsenal químico do mundo, segundo EUA
    Tags:
    Síria, Rússia, F-35, EAU, israel, Mali, Brasil, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar