Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Lavrov: Ocidente oculta 'vergonhosamente' fato de que sancionou navios russos carregando grãos

© AP Photo / Aleksandr ZemlianichenkoKremlin e Rio de Moscou em Moscou, Rússia, 16 de janeiro de 2022
Kremlin e Rio de Moscou em Moscou, Rússia, 16 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 01.06.2022
Nos siga noTelegram
Sergei Lavrov atacou as ações de Kiev, que solicitou ao Ocidente lançadores múltiplos de foguetes, e disse que a Turquia tentará desminar os portos ucranianos.
Os países ocidentais não falam que as sanções contra Moscou atingiram navios russos que carregavam grãos, apontou na quarta-feira (1º) Sergei Lavrov, ministro das Relações Exteriores da Rússia, em uma entrevista coletiva após uma visita à Arábia Saudita.

"Há um problema com a exportação de grãos russos. Embora o Ocidente nos lembre muito alto que os grãos não estão sujeitos a sanções, por alguma razão, eles se mantêm vergonhosamente silenciosos sobre o fato de que os navios que importam grãos russos foram sancionados. Eles não são aceitos nos portos europeus, não conseguem seguro e, basicamente, todas as cadeias logísticas e financeiras ligadas ao fornecimento de grãos nos mercados mundiais estão sob sanções de nossos colegas ocidentais."

Lavrov sublinhou que, de resto, a Rússia não tem problemas em garantir um fornecimento estável de grãos aos mercados mundiais.
"No que diz respeito à Federação da Rússia, não há nenhum problema em garantir um fornecimento sustentável de grãos aos mercados mundiais. O problema é principalmente a falta de saída livre dos portos ucranianos através dos campos minados que foram colocados pelos militares ucranianos", acrescentou ele.
Sergei Lavrov, ministro das relações Exteriores da Rússia, durante encontro com seu homólogo do Bahrein, Abdullatif bin Rashid Al Zayani (fora da foto), no Palácio Al-Qudaibiya, Manama, Bahrein, 31 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 31.05.2022
Panorama internacional
Lavrov: Moscou fez tudo para resolver crise alimentar, Ocidente barra entrada de nossos navios
Foi possível chegar a um acordo com a Turquia para desminar os portos ucranianos, revelou o ministro.
"Após uma conversa com o presidente [da Turquia, Recep Tayyip] Erdogan, foi acordado que os colegas turcos tentariam ajudar a organizar a desminagem dos portos ucranianos, para libertar os navios feitos reféns lá", disse ele a jornalistas, acrescentando que espera que "esta operação ocorra sem qualquer tentativa de fortalecer o potencial militar da Ucrânia e prejudicar a Federação da Rússia".

Risco de envolvimento de países terceiros

A atual situação implica riscos de envolvimento de países terceiros no conflito na Ucrânia, advertiu o chanceler russo.
"Tais riscos existem, claro. O que o regime de Kiev exige, sem hesitação, de forma magistral [...] de seus patrões ocidentais. Primeiro, isso atravessa todos os limites da decência e da comunicação diplomática e, segundo, é uma provocação direta para atrair o Ocidente para as hostilidades", continuou o chefe da diplomacia russa, que crê que os riscos são bem compreendidos por vários políticos ocidentais.
"Nem todos, direi francamente, na União Europeia, especialmente em sua parte setentrional. Há políticos que estão dispostos a continuar com esta loucura para satisfazer suas ambições. Mas os países sérios da UE, naturalmente, entendem muito bem a inaceitabilidade de tais cenários, e parece que ouvimos recentemente sinais de avaliações razoáveis de Washington", frisou Sergei Lavrov.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала