Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Deveria haver mais diálogo e comunicação entre Rússia e EUA", diz Musk em evento russo

© Sputnik / Kirill KallinikovElon Musk fala durante evento educacional Maratona Novo Conhecimento, que decorre em diversas cidades russas, entre elas Moscou, São Petersburgo, Sochi, Kazan e Nizhny Novgorod
Elon Musk fala durante evento educacional Maratona Novo Conhecimento, que decorre em diversas cidades russas, entre elas Moscou, São Petersburgo, Sochi, Kazan e Nizhny Novgorod - Sputnik Brasil, 1920, 21.05.2021
Nos siga no
Proprietário da SpaceX e CEO da Tesla, Elon Musk afirmou nesta sexta-feira (21) que seria melhor para as duas potências se elas conversassem mais uma com a outra.

A declaração foi dada durante a Maratona Novo Conhecimento, um evento educacional que começou na quinta-feira (20) e decorre até sábado (22) em diversas cidades russas, entre elas Moscou, São Petersburgo, Sochi, Kazan e Nizhny Novgorod.

"Há muita energia talentosa na Rússia e acho que deveria haver mais diálogo e comunicação entre a Rússia e os EUA", disse Musk, acrescentando que admira as conquistas tecnológicas da Rússia e da União Soviética.

Elon Musk também afirmou que a empresa de carros elétricos Tesla está analisando a possibilidade de construir fábricas em novos países e a Rússia pode ser considerada como um dos locais. A Tesla tem várias fábricas nos EUA, uma na China e está construindo uma na Alemanha.

"Com o tempo, procuraremos ter fábricas em outras partes do mundo e, potencialmente, na Rússia", disse Musk, que participou do evento por videochamada após receber o convite de Dmitry Peskov, porta-voz do presidente da Rússia.

O empresário acrescentou que em termos de centros de serviços para os carros, a Tesla está "perto de estabelecer presença na Rússia". Musk disse ainda que a empresa de carros elétricos estava pensando em fazer o mesmo para o Cazaquistão e países vizinhos.

© Sputnik / Kirill KallinikovDmitry Peskov, porta-voz do presidente da Rússia, conversa com o empresário Elon Musk (ao fundo) durante evento educacional Maratona Novo Conhecimento, que decorre em diversas cidades russas, entre elas Moscou, São Petersburgo, Sochi, Kazan e Nizhny Novgorod
'Deveria haver mais diálogo e comunicação entre Rússia e EUA, diz Musk em evento russo - Sputnik Brasil, 1920, 21.05.2021
Dmitry Peskov, porta-voz do presidente da Rússia, conversa com o empresário Elon Musk (ao fundo) durante evento educacional Maratona Novo Conhecimento, que decorre em diversas cidades russas, entre elas Moscou, São Petersburgo, Sochi, Kazan e Nizhny Novgorod

Transportes elétricos e viagens espaciais

Elon Musk falou ainda sobre desenvolvimento tecnológico e afirmou que, no futuro, todos os transportes serão elétricos, com exceção dos foguetes.

"[No futuro,] todos os transportes, com a exceção irônica dos foguetes, serão elétricos [...]. Navios, barcos, carros, aviões, tudo será elétrico", comentou.

De acordo com o empreendedor, a inteligência artificial vai, com o tempo, aliviar a humanidade de tarefas chatas e garante que não tem dúvidas de que os carros do futuro serão autônomos. 

O proprietário da SpaceX também falou sobre viagens espaciais e explicou que os próximos passos lógicos seriam: criar uma base permanente na Lua e uma cidade em Marte.

"Para podermos ir além do Sistema Solar, precisamos estabelecer bases sustentáveis na Lua e em Marte [...] Acho importante para o futuro da civilização que nos tornemos uma civilização multiplanetária", afirmou Musk.

Relação EUA-Rússia

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, e o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, reuniram-se para negociações na quarta-feira (19), em Reykjavik, na Islândia.

© REUTERS / Saul LoebMinistro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, (à direita), e o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, durante encontro em Reykjavik, Islândia, 18 de maio de 2021
'Deveria haver mais diálogo e comunicação entre Rússia e EUA, diz Musk em evento russo - Sputnik Brasil, 1920, 21.05.2021
Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, (à direita), e o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, durante encontro em Reykjavik, Islândia, 18 de maio de 2021
O encontro teve como objetivo confirmar uma eventual cúpula, em junho, entre o presidente dos EUA, Joe Biden, e o presidente da Rússia, Vladimir Putin. A reunião entre os diplomatas serviu também para tentar minimizar as diferenças entre as duas potências.

Recentemente, os EUA impuseram novas sanções à Russia, que retaliou em seguida. No início do mês, durante uma reunião virtual do Conselho de Segurança da ONU, Lavrov criticou a política de sanções dos EUA.

"Estamos prontos para discutir todas as questões, sem exceção, se entendermos que as discussões serão honestas e baseadas na confiança mútua", disse Lavrov a Blinken na reunião de quarta-feira (19).

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала