06:31 14 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    8813
    Nos siga no

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse ser possível garantir paz, segurança e desenvolvimento sustentável apenas com os esforços de toda a comunidade mundial.

    Putin apelou para a cooperação, discursando nesta terça-feira (18) em cerimônia de condecoração presidencial dada por embaixadores estrangeiros.

    A Rússia considera o fim da violência entre Israel e Palestina uma obrigatoriedade. A escalada do conflito já ocasionou uma grande quantidade de vítimas, lamentou Putin.

    "A escalada do confronto entre palestinos e israelenses já ocasionou uma grande quantidade de vítimas entre a população civil, inclusive entre crianças. Consideramos a suspensão da violência de ambos os lados e procura ativa de solução baseando-se nas resoluções correspondentes do Conselho de Segurança da ONU uma obrigatoriedade", declarou o presidente da Rússia.

    O presidente russo afirmou que o mundo está presenciando um aumento de conflitos regionais antigos, inclusive no Afeganistão e no Oriente Médio.

    "Estão se intensificando conflitos regionais antigos no Afeganistão e na Líbia, literalmente nos últimos dias. A Rússia sabe bem disso e está monitorando com preocupações o desenvolvimento da situação. Fomos testemunhas da escalada abrupta no Oriente Médio", disse Putin.

    O desenvolvimento da situação afegã é essencial para segurança e estabilidade na Ásia Central e no Sul Asiático, e a Rússia continuará ajudando no estabelecimento da vida pacífica no Afeganistão. O presidente acrescentou que a Rússia será a favor de negociações diretas intra-afegãs para reconciliação, inclusive no âmbito da Organização para Cooperação de Xangai.

    A degradação do sistema da estabilidade estratégica e do controle de armas gere preocupações. O terrorismo está se intensificando de novo e os problemas de cibersegurança só aumentam, de acordo com o líder russo.

    A Rússia está segura de que é necessário fazer tudo para evitar a repetição da Segunda Guerra Mundial, e desenvolver em conjunto um plano de ação formador de um mundo multipolar mais democrático e justo, disse Putin.

    "Todos nós devemos proteger experiência e espírito de cooperação na luta contra desafios e ameaças comuns, lembrar o que conivência, nacionalismo e xenofobia podem resultar, e, em cooperação, desenvolver um plano de ação positivo conjunto para formar uma ordem mundial multipolar mais democrática e justa, fornecendo bem-estar e prosperidade para humanidade", declarou o presidente russo.

    Mais:

    Força Aérea de Israel ataca sede do serviço de segurança interna do Hamas em Gaza
    Após 19 anos de missão, últimos soldados espanhóis no Afeganistão voltam para casa
    'Neutralidade inaceitável': Irã critica posição do Ocidente diante da 'agressão' contra Palestina
    União Europeia descarta sanções para resolver o conflito entre Israel e Palestina
    Tags:
    confronto, violência, conflito, paz, segurança, Palestina, Israel, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar