09:15 02 Março 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    360
    Nos siga no

    Médicos russos ofereceram a seus colegas alemães a criação de um grupo conjunto sobre o caso do opositor russo Aleksei Navalny. A informação foi divulgada pelo presidente da Câmara Médica Nacional da Rússia, Leonid Roshal, a repórteres neste sábado (5).

    "Muitas pessoas estão preocupadas com o destino de Navalny, e a Câmara Médica Nacional apelou agora à Câmara Médica Alemã para criar um grupo de especialistas com eles para estudar a principal razão para a condição de Navalny", disse Roshal.

    Ele acrescentou que as causas da condição médica de Navalny ainda não estão claras, observando que os médicos russos fizeram um bom trabalho ao tratar o paciente, o que permitiu salvá-lo.

    De acordo com Leonid Roshal, os estudos realizados na Rússia não mostraram que o político foi envenenado.

    "Vamos nos reunir com calma - os representantes e especialistas da Rússia, bem como toxicologistas e especialistas da Alemanha - e discutiremos se [Navalny foi envenenado] ou não, porque se for descoberto que Navalny foi, de fato, envenenado, acreditamos que é necessário iniciar um processo criminal na Rússia", disse Roshal.

    De acordo com Roshal, o lado russo enviou um pedido às autoridades alemãs de aplicação da lei, bem como aos médicos alemães sobre a situação de Aleksei Navalny, mas ainda não houve resposta.

    O opositor russo Aleksei Navalny foi hospitalizado em 20 de agosto após se sentir mal durante um voo que o levava da cidade russa de Tomsk a Moscou. Após chegar a ficar em coma, ele foi transferido no dia 22 de agosto para a Alemanha, onde médicos locais afirmaram que ele havia sido envenenado com a substância Novichok.

    Mais:

    Trump: confio nas conclusões de Berlim sobre Navalny, mas ainda não vi provas da culpa da Rússia
    Forte demais para atingir uma só pessoa: médico exclui envenenamento de Navalny com Novichok
    Setores empresariais alemães dizem que caso Navalny não deve prejudicar projeto Nord Stream 2
    Tags:
    envenenamento, médicos, Rússia, Alemanha, Aleksei Navalny
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar