Caros leitores, com grande alegria anunciamos que a Voz da Rússia está mudando de nome e se mudando para um novo site. Nós agora seremos conhecidos como a agência de notícias e rádio Sputnik. Vocês podem encontrar todas as últimas notícias da nossa agência em http://br.sputniknews.com. Por favor, atualizem seus favoritos e fiquem conosco!
5 Abril 2012, 20:31

Coreia do Norte encarará a intercetação do seu satélite como um ato de guerra

Coreia do Norte encarará a intercetação do seu satélite como um ato de guerra

A possível intercetação do satélite norte-coreano, lançado para fins civis, será visto como um ato de guerra que terá consequências catastróficas, declarou em Pyongyang o representante do Comité norte-coreano para a União Pacífica da Coreia.

A possível intercetação do satélite norte-coreano, lançado para fins civis, será visto como um ato de guerra que terá consequências catastróficas, declarou em Pyongyang o representante do Comité norte-coreano para a União Pacífica da Coreia.

Segundo o responsável, “enganam-se profundamente aqueles que contam sobreviver depois de perpetrar um golpe contra a República Democrática Popular da Coreia. Em resultado do golpe de resposta, o regime marioneta sul-coreano será destruído”.

A decisão da Coreia do Norte de lançar um satélite entre 12 e 16 de abril suscitou uma reação negativa nos EUA, Japão, Coreia do Sul e outros países. Estes consideram que, na realidade, se trata de um teste de um míssil de longo alcance.

Moscou apela a Pyongyang para que se abstenha de efetuar o lançamento do satélite.

  •  
    E recomendar em