20:06 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 21
    Nos siga no

    As Nações Unidas solicitaram US$ 565 milhões (R$ 3,04 bilhões) para apoiar a recuperação e reconstrução do Líbano após as explosões no porto de Beirute na semana passada, disse a porta-voz da organização Stéphane Dujarric em uma entrevista coletiva nesta sexta-feira (14).

    "Estamos pedindo hoje US$ 565 milhões [R$ 3,04 bilhões] para ajudar o povo do Líbano a passar do socorro humanitário imediato para a recuperação e construção e, finalmente, para a recuperação econômica de longo prazo, após as explosões no porto de Beirute", afirmou Dujarric.

    Há três dias, o presidente libanês Michel Aoun estimou que os prejuízos poderiam chegar a US$ 15 bilhões (R$ 81 bilhões), número bem mais amplo do que o sugerido pela ONU.

    Em 4 de agosto, as explosões ocorridas no porto de Beirute mataram mais de 170 pessoas e feriram mais de cinco mil.

    Segundo as autoridades libanesas, a explosão principal foi causada por 2.750 toneladas de nitrato de amônio, apreendidas pela alfândega em 2014 e armazenadas no porto desde então.

    Além da ajuda da ONU, vários países enviaram missões ao país árabe com ajuda humanitária, incluindo o Brasil.

    Mais:

    Irã diz que se EUA querem ajudar o Líbano, deveriam suspender sanções
    Governo libanês renuncia em meio a protestos em massa
    França anuncia nova visita de Macron ao Líbano
    Tags:
    Beirute, Michel Aoun, Stéphane Dujarric, diplomacia, explosão, ONU, Líbano
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar