01:15 28 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9377
    Nos siga no

    Aeronave da Qatar Airways estava sobrevoando Teerã no momento em que a defesa antiaérea do Irã lançou míssil contra o avião ucraniano, segundo autoridade iraniana.

    Controladores do tráfego aéreo foram capazes de monitorar o movimento da aeronave com as forças iranianas de defesa antiaérea, declarou à Sputnik o vice-presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano do Parlamento do Irã, Abu al-Fadl Mousavi Beyuki.

    "Eles conseguiram coordenar as ações para que o avião passasse normalmente", revelou o parlamentar.

    De acordo com Beyuki, os pilotos do avião da Qatar Airways viram aparentemente uma luz no céu, passando a acreditar na possibilidade de se tratar de sistemas de defesa antiaérea e vindo a solicitar informações ao controle de tráfego aéreo.

    Por sua vez, o controle entrou em contato com as forças de defesa antiaérea, que autorizaram a passagem do avião.

    No dia 8 de janeiro, um Boeing 737-800 da Ukraine International Airlines caiu poucos minutos depois de decolar do Aeroporto Internacional Imã Khomeini em Teerã, causando a morte de todas as 176 pessoas a bordo.

    Posteriormente, Teerã admitiu ter derrubado a aeronave com um míssil, ressaltando ter sido uma "falha humana".

    Mais:

    Sistema de defesa antiaérea do Irã tomou avião por míssil de cruzeiro, segundo comandante iraniano
    Publicado VÍDEO do suposto lançamento do míssil que atingiu avião ucraniano no Irã
    Rouhani prometeu à Ucrânia levar à justiça os responsáveis ​​pela derrubada do avião no Irã
    Tags:
    tensões, míssil de cruzeiro, Irã, Boeing 737, acidente aéreo, Guarda Revolucionária do Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar