05:11 27 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    301433
    Nos siga no

    Jornal nova-iorquino afirma ter recebido vídeo do momento em que o avião ucraniano teria sido atingido por um míssil, minutos após decolar.

    O vídeo publicado e verificado pelo jornal New York Times aparenta mostrar o momento em que um míssil teria atingido uma aeronave próxima do Aeroporto Internacional de Teerã nesta quarta-feira (8), matando todos a bordo.

    Este vídeo mostra um objeto explodindo no ar, próximo da localização onde o PS752 interrompeu a transmissão de seu sinal. O avião não explodiu, conseguiu voltar em direção ao aeroporto, mas rapidamente caiu, de acordo com New York Times.

    Enquanto investigadores iranianos analisam o que pode ter levado a aeronave a cair, o vídeo levanta novas pistas sobre o ocorrido, que se encaixam em um contexto grandes tensões entre os Estados Unidos e o Irã na região.

    O jornal afirma que o avião teria continuado a voar mesmo após ser atingido, mas, julgando pelas imagens, se choca rapidamente contra o solo em seguida.

    No vídeo, entre o que seria o impacto do míssil e o som de explosão se passam dez segundos. O intervalo indica que aeronave estaria a aproximadamente 3 quilômetros de distância do ponto onde o vídeo foi registrado. Esta distância estaria de acordo com a rota percorrida pelo avião da Ukraine International Airlines, conforme registrado pela companhia de rastreamento de voos FlightRadar24.

    Antes de publicar esta informação, o diário norte-americano examinou o horário, a geolocalização e comparou os edifícios mostrados no vídeo com imagens de satélite.

    Acidente do avião ucraniano

    Nesta quarta-feira (8), um Boeing 737-800 da companhia Ukraine International Airlines, que conectava Teerã a Kiev, caiu em território iraniano pouco tempo após a decolagem.

    O chefe da Organização de Aviação Civil do Irã, Ali Abedzadeh, afirmou que a aeronave não poderia ter sido abatida, pois várias outras voavam na mesma altitude nesse momento.

    Teerã se prontificou a compartilhar com o Canadá as informações obtidas pelo comitê de investigação do acidente.

    Mais:

    EUA participarão de investigação sobre queda de avião civil no Irã
    Nova falha encontrada no Boeing 737 MAX pode estar relacionada aos acidentes mortais do avião
    Governo dos EUA acredita que míssil de defesa iraniano derrubou avião em Teerã
    Tags:
    acidente, The New York Times, míssil, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar