15:42 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    6152
    Nos siga no

    O presidente iraniano Hassan Rouhani garantiu que todos os envolvidos na destruição do avião ucraniano serão responsabilizados. A informação foi divulgada pelo serviço de imprensa do presidente ucraniano.

    Os militares iranianos declararam neste sábado que o Boeing ucraniano foi abatido por acidente, devido a um erro humano. O avião teria voado perto das instalações militares do Irã e sido confundido com um inimigo.

    O presidente da Ucrânia, Vladimir Zelensky, disse que espera total confissão de culpa do Irã, desculpas oficiais, punição dos culpados e pagamento de indenização.

    "Teerã garantiu que todos os envolvidos no acidente serão responsabilizados, e o grupo de especialistas ucraniano receberá todo o apoio necessário para uma cooperação efetiva nos campos jurídico e técnico", afirmou o comunicado.

    Segundo o serviço de imprensa, Rouhani expressou suas condolências ao povo ucraniano e às famílias das vítimas. "Ele pediu desculpas do lado iraniano pela tragédia que matou 176 vidas. O chefe da República Islâmica do Irã admite plenamente que a tragédia ocorreu devido às ações errôneas dos militares deste país", acrescenta a nota.

    Mais:

    Publicado VÍDEO do suposto lançamento do míssil que atingiu avião ucraniano no Irã
    Rússia condena Irã pelo abate de avião ucraniano, mas entende que eles foram provocados pelos EUA
    Irã estaria preparando imitação de porta-aviões dos EUA para treinamento (FOTOS)
    Tags:
    Volodymyr Zelensky, avião, Ucrânia, Irã, Hassan Rouhani
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar