21:04 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    9301
    Nos siga no

    A Rússia espera que, através de esforços conjuntos, seja possível evitar eventos negativos no Oriente Médio. A declaração é do presidente da Rússia, Vladimir Putin, após reunião com a chanceler alemã, Angela Merkel.

    "Nós esperamos que com nossos esforços conjuntos, nossos passos conjuntos - justamente pra isso que nos com a chanceler [Angela Merkel] em Moscou - possamos prevenir um desenvolvimento de eventos tão desfavorável", disse Putin a jornalistas.

    O presidente russo disse que espera que a situação não escale para conflitos militares de larga escala no Oriente Médio, o que, de acordo com ele, seria um desastre para o mundo inteiro.

    "O fato é que há uma guerra lá, nós já observamos o chamado conflito de baixa intensidade. Mas estas são operações militares, pessoas estão sendo mortas. Isso é um fato. Eu gostaria muito de evitar operação militares de larga escala. Se isso acontecer, seria um desastra não só para a região, Oriente Médio, mas para o mundo inteiro", declarou Putin.

    Segundo o presidente, essas ações levarão a novos fluxos de refugiados, não apenas para a Europa, mas também para outras regiões.

    "Será um desastre humanitário, um desastre inter-religioso, um desastre econômico, porque levará à destruição ou a enormes danos à economia global e à energia global", completou.

    Mais:

    Se EUA responderem a ataques do Irã, grande guerra será inevitável, diz senador russo
    Rússia recusa apelo de Trump e apoia acordo nuclear com o Irã, afirma fonte
    Rússia condena Irã pelo abate de avião ucraniano, mas entende que eles foram provocados pelos EUA
    Tags:
    Angela Merkel, operações militares, oriente médio, Vladimir Putin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar