14:26 19 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8291
    Nos siga no

    Caso os EUA imponham sanções contra a Turquia, a base aérea de Incirlik e demais instalações militares norte-americanas em território turco poderão ser fechadas, afirmou o ministro turco das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu.

    O chefe da diplomacia turca disse em declaração que Ancara irá incluir o fechamento da base aérea norte-americana de Incirlik na agenda bilateral, caso Washington imponha sanções contra a Turquia pela compra do sistema antiaéreo russo S-400.

    "Vamos considerar o pior dos cenários e tomar uma decisão. Se os EUA impuserem sanções contra a Turquia, então as questões de Incirlik e Kurecik poderão entrar na agenda", disse Cavusoglu.

    O sistema de defesa antimísseis que protege a Europa tem parte fundamental instalada na região turca de Kurecik desde 2012. A operação das instalações é garantida pelas Forças Armadas dos EUA.

    O ministro turco também enfatizou que Ancara não irá apoiar os planos de defesa da OTAN nos países bálticos enquanto a aliança não formular um plano para proteger a Turquia do "terrorismo".

    Presidente dos EUA, Donald Trump, e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, posam para foto durante encontro de Chefes de Estado da OTAN, em 4 de dezembro
    © REUTERS / Peter Nicholls
    Presidente dos EUA, Donald Trump, e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, posam para foto durante encontro de Chefes de Estado da OTAN, em 4 de dezembro

    Os presidentes da Turquia e dos EUA se reuniram em novembro, em Washington, para discutir as tensas relações bilaterais.

    Na ocasião, Erdogan declarou que avaliaria a compra de sistemas Patriot, mas que considerava as pressões para abandonar o S-400 como uma violação da soberania turca.

    A Rússia iniciou a entrega do sistema de defesa antiaérea S-400 para a Turquia em julho deste ano. De acordo com Erdogan, o sistema estará totalmente operacional em abril de 2020.

    Washington demanda que Ancara interrompa a instalação do sistema, que seria incompatível com os padrões da OTAN e colocaria os caças norte-americanos F-35 em risco.

    Mais:

    Compra de S-400 vai reforçar capacidades de defesa da OTAN, diz Turquia
    Sistemas S-400 da Turquia receberam ferramenta única que preocuparia pilotos da OTAN
    Rússia implementará S-400 na Frota do Norte para proteger o Ártico
    Tags:
    Patriot, S-400, EUA, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar