02:37 05 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    22646
    Nos siga no

    No início deste mês, a Rússia concluiu as entregas de todos os componentes do sistema S-400 à Turquia, o que ocorreu antes da data prevista.

    O ministro da Defesa turco, Hulusi Akar, disse que os sistemas estariam prontos para entrar em serviço dentro de poucos meses. Agora, o Congresso dos EUA se diz disposto a punir a Turquia economicamente se Ancara não desistir destes sistemas, de acordo com o conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, Robert O’Brien.

    "Se a Turquia não se livrar dos S-400, nesse caso serão provavelmente aprovadas sanções no Congresso, de acordo com a lei CAATSA, com o apoio esmagador dos dois partidos, e a Turquia sentirá as consequências dessas sanções. Dissemos claramente ao presidente Erdogan que na OTAN não há lugar para os S-400 ou outras aquisições significativas de armas russa. O presidente Trump irá dizer isto a ele [Erdogan] muito claramente quando ele vier a Washington" disse O’Brien em entrevista ao canal CBS.

    Anteriormente o Senado estadunidense criticou o Departamento de Estado por fracassar na introdução de sanções contra a Turquia após a compra dos sistemas russos S-400 por Ancara.

    A compra dos sistemas de defesa antiaérea criou muitas tensões entre Ancara e Washington. Os EUA exigiram que a Turquia desistisse do contrato com Moscou e comprasse o sistema norte-americano Patriot.

    Mais:

    Sistema de defesa aérea S-400 abate 14 aviões em três minutos
    Índia teria pedido para Rússia acelerar calendário de entrega de sistemas de mísseis S-400
    Tags:
    Hulusi Akar, Congresso dos EUA, sistema de defesa antiaérea, Turquia, EUA, sanções, S-400
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar