22:25 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 40
    Nos siga no

    O Senado da Itália deu nesta quarta-feira (17) o voto de confiança ao Gabinete de Mario Draghi com 262 votos a favor, 40 contra e duas abstenções.

    A votação no Senado concede ao novo Governo a maioria absoluta na Câmara Alta do Parlamento italiano.

    Entre os que não queriam apoiar Draghi estavam 19 representantes do partido de direita Fratelli d'Italia, 15 senadores do Movimento 5 Estrelas (M5S), além de alguns membros do chamado grupo misto.

    Em seu discurso nesta quarta-feira (17) para os senadores, Draghi definiu a luta contra o coronavírus e suas consequências sociais e econômicas como a principal prioridade do novo gabinete.

    Profissional da saúde fazendo atendimento domiciliar a uma idosa suspeita de ter contraído a COVID-19 em Roma, Itália, no dia 3 de dezembro de 2020
    © REUTERS . REMO CASILLI
    Profissional da saúde fazendo atendimento domiciliar a uma idosa suspeita de ter contraído a COVID-19 em Roma, Itália, no dia 3 de dezembro de 2020

    Além disso, o novo primeiro-ministro destacou que "apoiar este Governo significa partilhar a irreversibilidade do euro e a perspectiva de uma União Europeia cada vez mais integrada".

    Draghi enfatizou a importância dos laços que a Itália mantém com OTAN e UE, afirmando que o país continuará a defender os "princípios e valores inalienáveis ​​das democracias ocidentais".

    O novo Governo manterá também como prioridade os objetivos fixados pelo anterior, nomeadamente a inovação, a transição ecológica, a digitalização e o desenvolvimento da ciência, educação e cultura.

    A posse do Gabinete de Draghi na Câmara dos Deputados está marcada para esta quinta-feira (18).

    Mais:

    Ex-chefe do Banco Central Europeu, Mario Draghi, aceita ser novo primeiro-ministro da Itália
    Ruínas de luxuosa 'sala de jantar' do imperador romano Adriano são encontradas na Itália (FOTO)
    Vulcão Etna entra em erupção na Itália e causa fechamento de aeroporto local (VÍDEO)
    Tags:
    Câmara Baixa da Itália, Mario Draghi, votação, governo, Senado, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar