18:41 25 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    237
    Nos siga no

    Procuradoria-Geral da Bulgária acusou funcionário da Embaixada da Rússia em Sofia de espionagem, ao passo que país europeu decidiu expulsar o diplomata de seu território.

    Segundo o órgão búlgaro, o diplomata russo teria se ocupado de coleta de informações contendo segredos de Estado.

    No site da Procuradoria-Geral da Bulgária foi informado que o cidadão russo "realizou ações de inteligência" desde 2017, ao passo que obteve acesso a informações de cunho militar.

    Entre os dados supostamente obtidos pelo cidadão russo estaria o número de militares norte-americanos na Bulgária durante exercícios no país do leste europeu.

    Além disso, o diplomata russo teria tido acesso a tais informações através de cidadãos da Bulgária.

    Não é a 1ª vez

    Em 23 de setembro passado, o Ministério das Relações Exteriores da Bulgária havia expulsado dois diplomatas russos de seu país sob acusação de espionagem.

    Em resposta à medida, Moscou decidiu declarar dois diplomatas búlgaros na Rússia persona non grata em 12 de outubro.

    Mais:

    Agência antidrogas dos EUA pede mais agentes e avião espião para suas atividades na América Latina
    Ex-chefe de inteligência dos EUA diz que general iraniano morto Soleimani era seu nêmesis pessoal
    Netanyahu espera que o espião Pollard se mude para Israel
    Tags:
    persona non grata, diplomacia, Rússia, espionagem, Bulgária
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar