05:52 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    5714
    Nos siga no

    EUA e Polônia terminaram negociações no âmbito das quais Washington enviará ao país europeu 1.000 soldados americanos adicionais, declarou o chefe do Pentágono Mark Esper.

    "Estados Unidos e Polônia concluíram as negociações do acordo alargado de cooperação no domínio da defesa [EDCA, na sigla em inglês] [...] O acordo permitirá uma presença adicional permanente de aproximadamente 1.000 militares", lê-se no comunicado do secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper.

    Além disso, ele lembrou que a Polônia já tem 4.500 militares dos EUA de forma rotativa, o acordo também permitirá "reforçar a dissuasão da Rússia e fortalecer a OTAN", diz o comunicado.

    Anteriormente o presidente dos EUA, Donald Trump, disse que o país vai reduzir o número de suas tropas na Alemanha. O presidente norte-americano afirmou que decidiu reduzir o número de tropas dos EUA na Alemanha porque o país deve bilhões de dólares à OTAN.

    No início de junho, o premiê da Polônia, Mateusz Morawiecki, chegou a dizer que gostaria que as tropas norte-americanas que deixarão a Alemanha fossem enviadas para seu país.

    Mais:

    Congresso dos EUA se movimenta para impedir retirada de parte das tropas americanas da Alemanha
    Saída das tropas americanas da Alemanha seria 'sinal de alerta' e chance de afrouxar laços com EUA
    EUA anunciam retirada de 11.900 tropas da Alemanha e reforço de região próxima ao mar Morto
    Tags:
    Europa Oriental, Mark Esper, Pentágono, exército, Forças Armadas, Polônia, OTAN, tropas rotativas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar