21:00 20 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    648
    Nos siga no

    Após o presidente dos EUA ordenar a retirada de 9.500 militares da Alemanha, o premiê polonês, Mateusz Morawiecki, expressou esperanças de o Pentágono deslocar esses soldados para seu país.

    Atualmente os EUA mantêm em solo alemão cerca de 34.500 militares, designados para permanecer no país de forma permanente.

    Contudo, por ordem do presidente Donald Trump, o Pentágono planeja remover 9.500 militares do país.

    Visando uma maior presença militar dos EUA no seu país, Morawiecki declarou em entrevista à rádio RMF 24:

    "Eu tenho profunda esperança de que, como resultado de muitas conversações que tivemos [...] parte das tropas baseadas hoje na Alemanha e que estão sendo removidas pelos EUA [...] sejam enviadas para a Polônia."

    Ainda de acordo com Morawiecki a decisão agora cabe ao governo americano.

    Relações estreitas

    A declaração do premiê vem logo após os EUA e a Polônia darem início aos exercícios militares Defensor da Europa 2020 nesta semana, após o evento ter sido adiado devido à pandemia do coronavírus.

    No mês passado, a embaixadora dos EUA na Polônia, Georgette Mosbacher, afirmou que seu país poderia abrigar armas nucleares na Polônia caso a Alemanha deseje "reduzir a capacidade nuclear e enfraquecer a OTAN".

    Também, no ano passado, a chancelaria polonesa afirmou que o contingente militar americano em seu país aumentou em mais de dez vezes desde 2015.

    Mais:

    Polônia analisará necessidade de comprar caças F-35 devido à crise econômica emergente
    Chanceler do Irã confirma troca de prisioneiros com os EUA
    Moscou responde ao apelo dos EUA que a Rússia deve 'ir embora' do Oriente Médio
    Tags:
    soldado, Alemanha, Mateusz Morawiecki, Polônia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar