06:40 22 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2702
    Nos siga no

    O helicóptero de combate russo Mi-28NM será capaz de carregar até quatro mísseis de cruzeiro de longo alcance, o que o coloca ao nível de bombardeiros.

    O novíssimo helicóptero de combate russo Mi-28NM será capaz de carregar até quatro mísseis de cruzeiro de longo alcance. Suas capacidades de combate serão equivalentes às de bombardeiros, informou à Sputnik uma fonte da indústria aeronáutica.

    "Atualmente, continuam os testes de voo dos mísseis de cruzeiro 'produto 305' para helicópteros, com o alcance máximo de 100 quilômetros. O Mi-28NM modernizado Caçador Noturno poderá carregar quatro destes mísseis em pilones externos", afirmou a fonte.

    O uso de mísseis de cruzeiro aumentará as capacidades de combate do helicóptero, permitindo atingir com mais precisão instalações militares importantes do inimigo, segundo a fonte.

    Atualmente, nenhum outro helicóptero no mundo possui mísseis de cruzeiro de tal alcance e potência como armamento padrão, sublinhou a fonte.

    "A capacidade de carregar ao mesmo tempo quatro mísseis de cruzeiro coloca o Mi-28NM, quanto ao tipo de alvos, ao nível dos bombardeiros de linha da frente", acrescentou.

    A diferença externa mais notável do Mi-28NM em relação a seu predecessor é a cúpula esférica do radar, localizada diretamente acima do rotor. O novo modelo pode realizar uma ampla gama de missões, desde o reconhecimento e aquisição de alvos, até a destruição de alvos terrestres e aéreos.

    O helicóptero Mi-28NM está armado com uma variedade de mísseis, além de estar protegido contra munições perfurantes de calibre até 20 milímetros.

    Mais:

    Com mais de 800 falhas no caça F-35, Lockheed Martin envia executivos para reeducação 'neorracista'
    Caça MiG-31 escolta avião da Noruega perto da fronteira russa pela 2ª vez em 24 horas
    X-37B é bombardeiro espacial? Revelado modo como EUA poderiam realizar ataque nuclear contra Rússia
    Biden quer modernização de armas nucleares para conter 'ameaça' chinesa, segundo relatos
    Tags:
    defesa, Rússia, helicóptero, míssil de cruzeiro, bombardeio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar