09:45 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 13
    Nos siga no

    A administração Biden quer destinar US$ 2,8 bilhões para atualizar seu sistema de defesa antimísseis para detectar e rastrear projéteis hipersônicos, segundo a proposta orçamentária do Departamento de Defesa para 2022 apresentada hoje (28).

    "Os investimentos para a Força Aérea e a Força Espacial totalizam US$ 2,8 bilhões [R$ 14,6 bilhões] para atualizar e manter sistemas  estratégicos e táticos de alerta e detecção" diz a proposta orçamentária para o ano fiscal de 2022.

    "Esses investimentos incluem o Infravermelho Persistente de Sobrecarga de Última Geração [Next-Gen OPIR] para rastrear ameaças balísticas e hipersônicas, Radares de Alerta Precoce Atualizados [UEWR, na sigla em inglês], e Vigilância de Ampla Área [WAS, na sigla em inglês] na região da Capital Nacional", acrescenta o documento.

    A proposta orçamentária prevê os recursos necessários para garantir que o Departamento de Defesa mantenha uma dissuasão efetiva contra os adversários. Ela também realoca recursos para financiar a pesquisa e o desenvolvimento que são cruciais para a modernização da força.

    Além disso, a proposta orçamentária prevê US$ 2 bilhões (R$ 10,5 bilhões) à Marinha para implementar um sistema de defesa baseado em navios para ameaças regionais e estratégicas. Esses investimentos incluem o Sistema de Defesa de Mísseis Balísticos Aegis (ABMD, na sigla em inglês), aprovisionamento de mísseis Standard para defesa de mísseis de cruzeiro, balísticos e hipersônicos, e capacidades de sensor E-2D Hawkeye.

    No início de maio, a Força Espacial dos EUA lançou o quinto satélite de um total de seis que compõem o sistema de vigilância SIBRIS GEO, que tem como objetivo detectar mísseis e emitir alertas antecipados.

    Mais:

    EUA implantam novo sistema de defesa antiaérea na Europa (FOTO)
    Vulnerabilidade da defesa pode provocar colapso dos EUA em caso de conflito militar, aponta revista
    Temor por drones e mísseis de cruzeiro faz EUA 'correrem' por sistemas combinados de defesa
    Tags:
    Força Aérea dos EUA, sistema de defesa antimísseis, orçamento, Departamento de Defesa dos EUA, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar