05:33 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    21935
    Nos siga no

    A empresa norte-americana Lockheed Martin informou ter testado com sucesso o seu Míssil de Ataque de Precisão, com um alcance de 400 quilômetros.

    O Míssil de Ataque de Precisão (PrSM, na sigla em inglês) dos EUA quebrou o recorde de alcance efetivo ao atingir um alvo a 400 quilômetros de distância, relatou na quarta-feira (12) a montadora Lockheed Martin.

    Segundo o comunicado, o PrSM "voou com a precisão esperada até à área alvo, onde demonstrou mais uma vez que sua ogiva é altamente precisa e eficaz".

    Gaylia Campbell, vice-presidente da empresa norte-americana, disse que o objetivo do teste foi confirmar a trajetória de voo, alcance e precisão do míssil balístico desde o lançamento até o impacto, além de analisar a letalidade da ogiva, a integração com o sistema de lançamento múltiplo de foguetes HIMARS e o desempenho geral dos mísseis.

    O PrSM é destinado a substituir o Sistema de Mísseis Táticos do Exército (ATACMS, na sigla em inglês) dos EUA, que foi projetado na década de 1970 e se aproxima do fim de sua vida útil.

    A Lockheed Martin anunciou anteriormente que o alcance do PrSM pode atingir 499 quilômetros.

    O novo míssil balístico é um análogo do sistema Iskander-M, que está em serviço operacional das Forças Terrestres da Rússia há vários anos.

    Mais:

    Reação americana? Conheça os mísseis testados pelos EUA após fim do INF
    Militares dos EUA planejam criar rede para lançamento de mísseis no Pacífico Ocidental
    Novo míssil balístico chinês poderia alcançar todo o território dos EUA
    Teste final de míssil de longo alcance dos EUA mostra 'desempenho sem falhas'
    Pentágono mobiliza todas as forças para se proteger das armas hipersônicas da China e Rússia
    Tags:
    EUA, Lockheed Martin, HIMARS
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar