22:46 10 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    24963
    Nos siga no

    Exército da Rússia está armado até os dentes com novos tipos de armas, escreve edição norte-americana 19FortyFive.

    A publicação observa que Moscou está constantemente modernizando as forças nucleares e continua substituindo ativamente os sistemas da era soviética por mísseis modernos, novos submarinos e aeronaves, desenvolvendo ao mesmo tempo novos tipos de sistemas de transporte de ogivas, incluindo mísseis hipersônicos.

    "Mesmo que o número de armas nucleares da Rússia tenha diminuído drasticamente desde o fim da Guerra Fria, Moscou ainda mantém um estoque de milhares de ogivas – incluindo mais de 1.500 ogivas que são implantadas em mísseis e bombardeiros capazes de alcançar o território dos EUA."

    A edição norte-americana menciona o discurso anual do presidente da Rússia Vladimir Putin feito na semana passada, segundo o qual até 2024 a parcela de armas e equipamentos modernos nas forças russas será de cerca de 76%. No caso da tríade nuclear este índice vai ultrapassar 88% já neste ano.

    O momento em que os militares russos se preparam para o lançamento do novíssimo míssil Avangard
    © Sputnik / Ministério da Defesa da Federação da Rússia
    O momento em que os militares russos se preparam para o lançamento do novíssimo míssil Avangard

    O portal recorda que este discurso se segue a sua declaração feita em fevereiro, em que o chefe de Estado russo afirmou que o Exército e a Marinha do país seriam equipados com uma variedade de sistemas de armamentos de ponta, incluindo lasers e sistemas hipersônicos, sugerindo que estas armas não teriam equivalentes no mundo.

    Em meados de março, Glen VanHerck, general da Força Aérea e chefe do Comando Norte dos EUA, disse que a Rússia teria implantado "uma nova geração de mísseis de cruzeiro de longo alcance e de alta precisão contra alvos terrestres, incluindo hipersônicos," que "complicam nossa capacidade de detectar e se defender de um ataque aéreo, marítimo e até mesmo [de ataques] a partir de solo russo".

    Mais:

    Putin: apesar de outras ameaças militares, tríade nuclear será garantia-chave da segurança da Rússia
    Ministério da Defesa russo libera VÍDEO de testes do novo complexo móvel de defesa antiaérea
    Do R-7 ao Yars: confira como se tornaram mais leves os mísseis balísticos
    Tags:
    tríade nuclear, tecnologia militar, armas hipersônicas, mísseis balísticos, Exército da Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar