20:23 29 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Charges

    Pagando dívidas à argentina

    Charges
    URL curta
    6385
    Nos siga no

    Vice-presidente argentina Cristina Kirchner declarou que a Argentina não pagaria ao Fundo Monetário Internacional "nem meio centavo" da dívida nacional até sair da recessão.

    Pagando dívidas à argentina

    "Creio que a primeira coisa que temos que fazer para poder pagar é sair da recessão", declarou a vice-presidente na apresentação de seu livro "Sinceramente" em Havana.

    Novo governo da Argentina enfrentou uma escolha difícil: continuar pagando sua grande dívida externa, tirando dinheiros de sua economia em crise, ou alocar esse dinheiro para desenvolvimento argentino, violando, assim, suas obrigações perante FMI.

    Em novembro, quando o país já tinha recebido US$ 44 bilhões dos US$ 56 bilhões (R$ 191 bilhões e 244 bilhões) de ajuda financeira, o presidente Alberto Fernández prometeu recusar os restantes US$ 12 bilhões (R$ 52 bilhões).

    Mais:

    Guilhotina de impeachment não deu certo
    Quando a corrida não resulta em nada
    Dando aulas de defesa antiaérea
    Tags:
    Alberto Fernández, Cristina Kirchner, FMI, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais charges

    • Vai com Deus, Diego
      Last update: 08:51 26.11.2020
      08:51 26.11.2020

      Vai com Deus, Diego

      Partiu da vida aos 60 anos de idade Diego Maradona, a lenda do futebol mundial que permanecerá em nossas memórias e corações.

    • Correios dos EUA: mandou, não chegou
      Last update: 09:03 06.11.2020
      09:03 06.11.2020

      Correios dos EUA: mandou, não chegou

      No calor das eleições nos EUA, serviço postal do país atrasa e não consegue entregar mais de 150 mil cédulas eleitorais.

    • Trump paga pau para militares americanos
      Last update: 11:26 28.10.2020
      11:26 28.10.2020

      Trump paga pau para militares americanos

      Durante comício em Waukesha, no estado americano de Wisconsin, Donald Trump afirmou que as Forças Armadas dos EUA são invejadas por Rússia e China.

    • Descreva suas visões
      Last update: 10:09 27.10.2020
      10:09 27.10.2020

      Vendo submarinos russos em todos os cantos

      Militares britânicos reportam aumento considerável da presença de submarinos russos "invisíveis" próximo do litoral do Reino Unido, enquanto se assustam com tal fato.