19:22 14 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    183
    Nos siga no

    Vice-presidente da República, Hamilton Mourão disse nesta segunda-feira (26) que o presidente Jair Bolsonaro deverá escolher outra pessoa para compor chapa nas eleições de 2022.

    "A interpretação que tenho feito dos sinais é de que ele vai escolher outra pessoa para acompanhá-lo na sua caminhada para a sua reeleição. Tenho que me preparar, porque olho para frente", disse Hamilton Mourão em entrevista ao Valor Econômico.

    Filiado ao PRTB, o vice-presidente do Brasil disse ainda que cogita disputar uma cadeira ao Senado nas próximas eleições, mas que também não descarta deixar a vida pública para passar mais tempo com a família.

    "Se abrir uma possibilidade, penso em disputar uma cadeira ao Senado, pelas características muito mais ao encontro da maneira como atuo, e a partir dali ter a possibilidade de auxiliar o país, posso também partir para essa ideia", afirmou.

    Ele ainda comentou a possibilidade de sair candidato pelo estado do Rio Grande do Sul, onde nasceu. Quando voltou a falar sobre sua relação com Jair Bolsonaro, o vice afirmou que o presidente precisaria de outra pessoa em seu lugar.

    "Até o presente momento, o que eu tenho visto em diversas declarações do presidente Bolsonaro, é que ele precisaria de outra pessoa no meu lugar, apesar de ele nunca ter dito isso pessoalmente para mim".

    Questionado sobre uma eventual "terceira via" para a disputa da presidência em 2022, Hamilton Mourão avaliou que o candidato precisa ser um "nome factível, que empolgue o eleitorado".

    "A terceira via, para surgir, tem que se valer da união dos partidos de centro, centro-direita, centro-esquerda". Ele admitiu não ter força para ser a chamada "terceira via".
    O presidente Jair Bolsonaro ao lado do vice-presidente Hamilton Mourão durante cerimônia em Brasília.
    © AFP 2021 / Evaristo Sá
    O presidente Jair Bolsonaro ao lado do vice-presidente Hamilton Mourão durante cerimônia em Brasília.

    Mais:

    Assessor de Bolsonaro recebe voto de censura do Senado por gesto supremacista
    Senado brasileiro protocola ofício à ONU pedindo antecipação do envio de vacinas do COVAX Facility
    No Brasil, STF determina criação da CPI da Pandemia, e Senado reage: 'Palanque político'
    Presidente do Senado volta a pedir que Brasil tenha preferência em receber vacinas do COVAX Facility
    Tags:
    Rio Grande do Sul, senador, eleições, Jair Bolsonaro, Senado, General Mourão, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar