12:26 21 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Coronavírus no Brasil no início de janeiro de 2021 (57)
    522
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro enviou nesta sexta-feira (8) uma carta ao primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, pedindo urgência no envio ao Brasil de dois milhões de doses de vacina de Oxford contra a COVID-19.

    O Itamaraty confirmou na última terça-feira (5) a compra de 2 milhões de doses da vacina da Universidade de Oxford e da empresa AstraZeneca, produzidas pelo laboratório indiano Serum. 

    Em carta enviada ao primeiro-ministro indiano, o presidente Bolsonaro afirmou que o objetivo do pedido é permitir a "imediata implementação" do programa brasileiro de imunização.

    "Para possibilitar a imediata implementação do nosso Programa Nacional de Imunização, muito apreciaria poder contar com os bons ofícios de Vossa Excelência para antecipar o fornecimento ao Brasil, com a possível urgência e sem prejudicar o programa indiano de vacinações, de dois milhões de doses do imunizante produzido pelo Serum Institute of India", diz o texto da carta.

    Anteriormente, o Instituto Serum chegou a informar na segunda-feira (4) que o governo da Índia não iria exportar a vacina sem antes garantir a vacinação da população indiana, o que fez com que o Itamaraty anunciasse que estava iniciando negociações com o país asiático.

    Na terça-feira (5), em novo comunicado, o Instituto Serum comunicou que a exportação da vacina seria permitida a todos os países. No mesmo dia, o Itamaraty confirmou a importação de 2 milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford produzidas na Índia.

    Tema:
    Coronavírus no Brasil no início de janeiro de 2021 (57)

    Mais:

    AstraZeneca diz estar trabalhando para que sua vacina seja aprovada no Brasil o mais rápido possível
    Estudo feito no Brasil aponta que vacina CoronaVac tem eficácia de 78% contra COVID-19, diz jornal
    Vacina, auxílio e regime fiscal vão determinar crescimento do Brasil em 2021, diz economista
    Tags:
    vacinação, vacina, Jair Bolsonaro, Bolsonaro, Oxford, Índia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar