08:02 03 Março 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil luta contra COVID-19 no final de dezembro (60)
    0 00
    Nos siga no

    Uma festa realizada nas areias de Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro, reuniu dezenas de pessoas na madrugada desta quinta-feira (31), provocando a intervenção da Polícia Militar, que tentou dispersar os presentes.

    Imagens divulgadas pelas emissoras CNN Brasil e TV Globo, e outras que circularam amplamente pelas redes sociais, mostram dezenas de pessoas aglomeradas na altura do Posto 9, em Ipanema, bebendo e dançando, sem o uso de máscaras ou qualquer outra medida de proteção para evitar a propagação da COVID-19.

    De acordo com o portal G1, a Polícia Militar foi acionada no início da madrugada para tentar dispersar a multidão, mas os frequentadores apenas se deslocaram até o calçadão, e muitos permaneceram na areia. 

    Segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, ontem (30) foram registrados mais 224 óbitos e 2.114 diagnósticos confirmados de COVID-19 em todo o estado, elevando o número total de mortes para 25.303 e de casos para 428.373 desde o início da pandemia.

    Para tentar conter o aumento de casos, a Prefeitura do Rio de Janeiro decidiu fechar toda a orla da cidade durante a virada do ano. De acordo com as autoridades, serão instalados cerca de 40 pontos de bloqueios no acesso às praias das zonas sul e oeste da capital fluminense para evitar aglomerações.

    Além disso, o governo do estado aumentará em 40% o efetivo da força-tarefa do Corpo de Bombeiros contra a COVID-19 para intensificar as fiscalizações durante o Ano Novo. Serão 43 equipes de intervenção rápida que ficarão responsáveis por realizar vistorias em locais com eventos de reunião de público em todo o estado.

    Tema:
    Brasil luta contra COVID-19 no final de dezembro (60)

    Mais:

    'Não dou bola para isso', diz Bolsonaro sobre Brasil ainda não ter vacinação contra COVID-19
    Queda da expectativa de vida no Brasil pela COVID-19 era esperada e passageira, diz sociólogo
    Com 1.224 novos óbitos, maior número desde agosto, Brasil chega a 193.940 mortes por COVID-19
    Tags:
    festas, COVID-19, Rio de Janeiro, Ipanema
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar