00:34 18 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 no Brasil no final de agosto (50)
    0 0 0
    Nos siga no

    O secretário de saúde do Distrito Federal, Francisco Araújo, foi preso na manhã desta terça-feira (25), no âmbito de uma operação que investiga irregularidades na aquisição de testes de COVID-19.

    A prisão preventiva de Francisco Araújo foi realizada no âmbito da segunda fase da operação Falso Negativo do Ministério Público do DF (MPDF). A justiça expediu 44 mandados de busca e apreensão e sete de prisão preventiva, inclusive para outros membros da administração de Araújo, informou a TV Globo.

    Um mandado de prisão também foi expedido contra o subsecretário de Administração Geral da Secretaria de Saúde, Iohan Andrade Struck, que não foi encontrado pela polícia e é considerado foragido.

    A operação foi autorizada pelo desembargador Humberto Adjuto Ulhôa, do Tribunal de Justiça do DF. As ordens judiciais estão sendo cumpridas em outros oito estados, onde estão as empresas fornecedoras dos testes.

    Segundo MPDF, a operação investiga uma suposta organização criminosa na Secretaria de Saúde do DF para fraudar a escolha de fornecedores e superfaturar a compra dos testes. O prejuízo aos cofres públicos está sendo avaliado em R$ 18 milhões.

    As apurações, lideradas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e pela Procuradoria-Geral de Justiça do MPDFT, apontam ainda baixa qualidade dos testes, que podem dar falso resultado negativo.

    São investigados crimes de fraude à licitação, lavagem de dinheiro, crime contra a ordem econômica (cartel), organização criminosa, corrupção ativa e passiva.

    Tema:
    COVID-19 no Brasil no final de agosto (50)

    Mais:

    Rússia e Paraná vão fechar acordo para testes e produção de vacina contra COVID-19 no Brasil
    Vacina russa contra COVID-19: quais estados brasileiros estão interessados e quando teremos testes?
    Brasil terá vantagens com mais de 30 testes de medicamentos contra COVID-19, revela analista
    Tags:
    fraude, Ministério Público, COVID-19, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar