11:57 09 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    81334
    Nos siga no

    Seguidores da ativista Sara Winter em Brasília fizeram marcha com tochas e máscaras brancas até o prédio do STF de forma semelhante a evento nazista na cidade americana de Charlottesville.

    Participantes do movimento "300 do Brasil" marcharam na noite de sábado (30) aos gritos de "viemos cobrar, o STF não vai nos calar" até o prédio do Supremo Tribunal Federal.

    Durante o ato, uma música de estilo rock foi usada enquanto os presentes carregavam tochas e usavam máscaras brancas, como visto no vídeo abaixo.

    No comando do evento estava Sara Fernanda Giromini, mais conhecida como Sara Winter, uma ex-feminista que é alvo de investigações de suspeita de ameaças, ofensas e fake news contra integrantes do STF.

    Evento semelhante a ato neonazista

    Conforme publicou o portal Uol, o ato remete às manifestações conduzidas pelo movimento neonazista Unite the right em 2017 na cidade americana de Charlottesville.

    O grupo, que defende a supremacia branca, adota comportamento semelhante ao Ku Klux Klan.

    Mais:

    Diário de oficial nazista revela suposta localização de toneladas de ouro em castelo (FOTOS)
    Operação determinada pelo STF fortalecerá a CPMI das fake news, diz cientista político
    Polícia Federal diz ao STF que precisa do depoimento de Bolsonaro sobre acusações de Moro
    Tags:
    Ku Klux Klan, neonazistas, ato, Sara Winter, STF, protesto
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar