01:57 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 52
    Nos siga no

    Autoridades da Armênia afirmam possuir provas da participação de forças especiais turcas nos combates na região de Nagorno-Karabakh.

    Neste domingo (25), o serviço de imprensa da Procuradoria-Geral da Armênia declarou à Sputnik que "de acordo com os dados fatuais obtidos, militares das forças especiais turcas, conforme um plano, participaram diretamente em ações militares em Nagorno-Karabakh".

    A entidade armênia acrescentou que as informações foram obtidas no âmbito de um processo penal instaurado relativamente "ao desencadeamento de uma guerra agressiva contra a Armênia e Nagorno-Karabakh, graves violações do direto humanitário internacional, crimes graves contra a paz e segurança da humanidade".

    A Procuradoria-Geral da Armênia assinalou que, conforme as informações recebidas, desde agosto de 2020, unidades especiais das Forças Armadas da Turquia realizaram cursos de treinamento intensivo de soldados azeris.

    Peças de artilharia sendo usadas no conflito em Nagorno-Karabakh (foto de arquivo)
    © Sputnik / Ministério da Defesa do Azerbaijão
    Peças de artilharia sendo usadas no conflito em Nagorno-Karabakh (foto de arquivo)

    Informa-se ainda que, desde o dia 3 de setembro, a entidade militar azeri convocou reservistas que "começaram o treinamento militar em várias unidades das Forças Armadas do Azerbaijão".

    Desde 21 de setembro "reservistas e unidades do Exército regular do Azerbaijão foram implantadas na linha de contato e, na noite de 27 de setembro, receberam ordens para atacar as posições de combate de Nagorno-Karabakh em todas as áreas, utilizando todos os tipos de armas disponíveis nas Forças Armadas do Azerbaijão".

    Apesar de no passado dia 17 as partes do conflito terem chegado a um acordo de cessar-fogo humanitário a partir da meia-noite de domingo (18) no horário local (20h00 do dia 17 em Brasília), tanto a Armênia como o Azerbaijão têm denunciado ataques na região de Nagorno-Karabakh.

    Desde 27 de setembro deste ano, a região de Nagorno-Karabakh tem sido alvo de confrontos entre forças da autoproclamada república, tropas armênias e forças do Azerbaijão.

    Mais:

    Armênia reconhecerá Nagorno-Karabakh se não houver diálogo com Azerbaijão
    Mais de mil militantes da Síria foram enviados a Nagorno-Karabakh na sexta (16), diz fonte à Sputnik
    Azerbaijão está pronto para acordar cessar-fogo em Nagorno-Karabakh, diz Aliev
    Tags:
    soldados turcos, ajuda militar, conflito armado, Armênia, Azerbaijão, Turquia, Nagorno-Karabakh
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar