04:00 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    3812
    Nos siga no

    Segundo noticiou mídia sul-coreana, um avião de reconhecimento RC-135W Rivet Joint, da Força Aérea dos EUA, sobrevoou a península coreana em uma provável tentativa de pressão sobre a Coreia do Norte.

    Os EUA pilotaram um avião de vigilância sobre a Coreia do Sul na manhã desta segunda-feira (20) como parte de uma operação militar regular, que desta vez ficou claramente visível para os residentes, em uma provável demonstração de pressão sobre a Coreia do Norte, escreve a agência de notícias Yonhap.

    De acordo com a mídia sul-coreana, o avião de reconhecimento RC-135W Rivet Joint, da Força Aérea dos EUA, foi avistado sobrevoando Seul, capital sul-coreana, por volta das 10h00 do horário local (22h00 de domingo, horário de Brasília), sem nenhum indicativo de chamada.

    Citando fontes e especialistas anônimos, a agência disse que o fato de a aeronave ter sido avistada poderia ter como objetivo exercer pressão sobre a Coreia do Norte.

    No sábado (18), o líder norte-coreano, Kim Jong-un, realizou uma reunião alargada com altos responsáveis da inteligência do país para discutir o aprimoramento da "dissuasão de guerra" de Pyongyang, tendo como pano de fundo a percepção da elevação dos riscos de segurança na península.

    Após um relativo silêncio nas relações intercoreanas durante a disseminação do coronavírus, as tensões aqueceram em junho, quando a Coreia do Norte ficou enfurecida com uma campanha de desertores que estão estabelecidos na Coreia do Sul e levaram panfletos anti-Pyongyang em balões pela fronteira. O Norte ameaçou o Sul com uma ação a nível estatal e até explodiu o escritório intercoreano de comunicações, na cidade fronteiriça de Kaesong.

    Mais:

    'Cegar aviões de vigilância': reveladas capacidades de novo sistema de guerra eletrônica russo
    Coronel americano indica o ponto mais fraco da Força Aérea dos EUA
    Misterioso avião furtivo dos EUA realiza novo voo de teste
    Novo projeto do Pentágono: quem os EUA estão planejando combater debaixo da terra?
    Tags:
    Yonhap, Força Aérea dos EUA, Seul, Coreia do Norte, Península da Coreia, Coreia do Sul, Coreia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar