21:03 07 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo vs. pandemia do coronavírus no início de maio de 2021 (43)
    2517
    Nos siga no

    A polícia local está investigando o ataque como um possível crime de ódio, o mais recente em uma série de agressões contra vítimas asiáticas em Nova York.

    Enquanto caminhava pelo centro de Manhattan, uma mulher asiática foi golpeada com um martelo após outra mulher exigir que a vítima removesse sua máscara.

    A polícia da cidade de Nova York investiga o ataque e não descarta a possibilidade de um possível crime de ódio. A vítima, de 31 anos, caminhava quando foi abordada por uma mulher. "Tire a máscara", teria dito a agressora, segundo informações do New York Post.

    Após agredir a mulher asiática desarmada com um martelo, a agressora correu e fugiu. De acordo com um boletim médico citado pela reportagem, a vítima foi transferida para um hospital próximo. Ela está estável e com cortes na cabeça.

    Poucas horas antes do ataque, o prefeito da cidade, Bill de Blasio, falou em um comício no Queens, onde condenou a recente onda de crimes de ódio e pediu punições mais severas.

    "Para quem comete um crime de ódio, vamos ser francos, sejamos claros: vamos encontrar você, vamos processá-lo", disse o prefeito. "Você vai sofrer as consequências", concluiu.

    O senador Chuck Schumer, que também falou no comício, disse que o governo Biden já adotou uma abordagem mais agressiva para reprimir os crimes de ódio.

    "Para aqueles que perpetuam o ódio asiático, agora temos pessoas no Departamento de Justiça dedicadas a encontrá-los, denunciá-los e processá-los", disse Schumer.
    Prefeito de Nova York Bill de Blasio
    © REUTERS / Carlo Allegri
    Prefeito de Nova York Bill de Blasio
    Tema:
    Mundo vs. pandemia do coronavírus no início de maio de 2021 (43)

    Mais:

    Presidente de Cuba condena discurso de supremacia e violência no Capitólio dos EUA
    Assessor de Bolsonaro recebe voto de censura do Senado por gesto supremacista
    Perdendo supremacia: Blinken alerta África sobre crescente papel da China na região
    Crimes por preconceito de cor, raça ou orientação sexual podem ter punição maior
    Tags:
    COVID-19, Ásia, atacar, martelo, crime de ódio, máscara, mulher, China, EUA, Nova York
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar