16:23 26 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0153
    Nos siga no

    Um comunicado publicado pela Força Aérea norte-americana incluiu fotos de uma estrutura para abrigar o bombardeiro norte-americano, do qual nunca antes tinham sido reveladas fotos.

    A Força Aérea dos EUA publicou um comunicado com imagens do protótipo de um abrigo para o bombardeiro B-21 que permitiriam calcular as dimensões da aeronave, informou na quarta-feira (3) a revista Air Force Magazine.

    Segundo os especialistas citados pela mídia, as dimensões das placas de concreto da base de Ellsworth, na Dakota do Sul, EUA, bem como dos veículos estacionados ao pé da estrutura, indicam uma largura de cerca de 45 metros e uma profundidade de 25 metros.

    Primeiro ponto de referência oficial: a envergadura de asa dos bombardeiros B-21 pode ser cerca de 140 pés [42,7 metros], cerca de 30 pés [9,1 metros] mais curta que [a do] B-2.

    Força Aérea dos EUA: "O projeto do B-21 Raider também nos proporcionará flexibilidade para realizar a manutenção de rotina diretamente na linha de voo".

    Com base em informações de que o abrigo cobre a totalidade do bombardeiro furtivo, a Air Force Magazine avaliou o comprimento de fuselagem em cerca de 15 metros e a envergadura de asa em 42 metros, que são significativamente menores do que as dimensões do bombardeiro furtivo estratégico B-2 Spirit Stealth, de 21 e 52 metros, respectivamente.

    É planejado que o abrigo, "mais semelhante a um guarda-sol do que a um hangar", seja usado fora de bases aéreas estacionárias. A Força Aérea norte-americana não respondeu imediatamente a um pedido de comentários da revista sobre o tamanho do refúgio da aeronave.

    Até agora não têm sido publicadas informações oficiais sobre o B-21, mas fontes abertas têm revelado que a montadora Northrop Grumman tem estado construindo um protótipo em sua fábrica na Califórnia desde 2019, com um voo inaugural programado para 2022. O Pentágono pretende comprar pelo menos 100 aviões desse tipo.

    Uma vez adotados, os B-21 substituiriam gradualmente os velhos bombardeiros B-52 Stratofortress e B-2 Spirit Stealth, também fabricados pela Northrop Grumman, que são até hoje as aeronaves mais complexas do mundo e as mais caras para manutenção.

    Mais:

    Força Aérea dos EUA 'aposenta' 17 bombardeiros B-1 para iniciar modernização de sua frota
    VÍDEO revela possível aparência do enigmático bombardeiro chinês H-20
    Força Aérea dos EUA revela novos detalhes sobre o avançado bombardeiro furtivo B-21
    Força Aérea dos EUA pode 'aposentar' bombardeiro B-1B antes do previsto
    Tags:
    B-21, EUA, Dakota do Sul, Northrop Grumman, Força Aérea, Força Aérea dos EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar