06:06 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    250
    Nos siga no

    Um piloto civil, que tem como hobby tirar fotos de locais secretos do Pentágono, publicou uma nova série de fotos da Base Aérea de Beale, na Califórnia.

    O local abriga as aeronaves espiãs dos EUA, e supostamente está passando por modernização para receber o novo drone espião RQ-180.

    O fotógrafo e piloto Gabriel Zeifman divulgou novas fotos das instalações da Base Aérea de Beale, sede da 9ª Ala de Reconhecimento, que opera o avião espião U-2 Dragon Lady e o drone espião RQ-4 Global Hawk.

    Avião KC-135 Stratotanker da Força Aérea dos EUA na Base Aérea de Beale, Califórnia
    Avião KC-135 Stratotanker da Força Aérea dos EUA na Base Aérea de Beale, Califórnia

    As fotos divulgadas mostram algumas mudanças interessantes na base, que podem indicar que algo novo está por vir.

    A data em que as fotos foram tiradas é desconhecida, mas o Google Drive indica que o álbum foi criado no dia 21 de junho.

    Zeifman realizou o voo de forma legal através do espaço aéreo civil com a permissão do controle de tráfego aéreo durante a captura das imagens, que mostram cinco Global Hawks e dois U-2, aeronaves de inteligência de alta altitude.

    Um hangar na Base Aérea de Beale, Califórnia. A área tem novas cercas de segurança e um novo tanque de combustível. A estrutura já abrigou os aviões de treino T-38 Talon, que foram transferidos
    Um hangar na Base Aérea de Beale, Califórnia. A área tem novas cercas de segurança e um novo tanque de combustível. A estrutura já abrigou os aviões de treino T-38 Talon, que foram transferidos

    Além disso, ele avistou uma série de KC-135 Stratotanker, que permitem as aeronaves espiãs permanecerem por diversas horas no ar, cobrindo milhares de quilômetros.

    Embora os drones Global Hawk sejam mais novos, introduzidos em 1998, eles permanecem sendo importantes na coleta de informações para os EUA.

    Drones Global Hawk RQ-4 e aviões espiões U-2 Dragon Lady na pista da Base da Força Aérea de Beale, Califórnia
    Drones Global Hawk RQ-4 e aviões espiões U-2 Dragon Lady na pista da Base da Força Aérea de Beale, Califórnia

    O U-2 é um avião espião mais antigo, que teve um papel importante em diversos incidentes durante a Guerra Fria, tendo sido, inclusive, abatido em 1960 enquanto voava sobre a União Soviética.

    De acordo com Tyler Rogoway, do portal The Drive, as fotos de Zeifman capturaram algo interessante, uma mudança nos aviões de treino T-38 Talon e uma grande construção, que poderia estar sendo desenvolvida para abrigar um novo hóspede.

    A Aviation Week informou em outubro de 2019 que havia recebido informações de que o RQ-180 "estava operacional no recém-reformado 427º Esquadrão de Reconhecimento na Base da Força Aérea de Beale, na Califórnia".

    A Força Aérea norte-americana não confirmou a existência do RQ-180. O que se sabe é que a aeronave tem asa em delta, assim como o bombardeiro B-2 Spirit, e teria um papel similar ao do RQ-4, entretanto seria capaz de entrar em áreas perigosas para os valiosos Global Hawk.

    Mais:

    Drone civil se aproxima perigosamente de caças F/A-18 dos EUA (VÍDEO)
    Novo drone furtivo russo Okhotnik deve ser motivo de preocupação para EUA, opina revista americana
    Marinha dos EUA abate drone em 1º teste de sistema de armas laser em alto mar (VÍDEO)
    Tags:
    avião espião, veículo aéreo não tripulado, Califórnia, EUA, base aérea, drones, drone
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar