03:14 21 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    B-2 Spirit (imagem referencial)

    Militares estadunidenses 'ameaçam' com bombardeiro B-2 invasores da Área 51

    © AP Photo / John Antczak
    Américas
    URL curta
    4153
    Nos siga no

    No âmbito do evento "Invasão da Área 51" em Nevada, um serviço militar norte-americano decidiu mostrar seu senso de humor publicando a foto de um bombardeiro furtivo B-2 com uma legenda que provocou críticas.

    No dia do evento "Invasão da Área 51", o Serviço de Distribuição de Informações Visuais de Defesa (DVIDS, na sigla inglesa) publicou no seu Twitter oficial a imagem de um bombardeiro B-2 acompanhada por uma legenda dizendo: "A última coisa que os millenials verão se tentarem a invasão da Área 51 hoje".

    Um pouco depois, o Serviço excluiu a publicação, a substituindo por outra: "Ontem à noite, um funcionário do DVIDS postou um tweet que de maneira nenhuma apoia a postura do Departamento de Defesa. Foi totalmente inapropriado e nós pedimos desculpas por esse erro".

    A última coisa que os millenials verão se tentarem a invasão da Área 51 hoje...

    O tweet original provocou controvérsia e críticas.

    Vocês devem fazer mais do que somente pedir desculpas via tweet. É extremamente irresponsável para uma página que representa os militares dos EUA fazer ameaças credíveis contra qualquer pessoa, quanto mais seus próprios cidadãos.

    Invasão da Área 51

    Nesta sexta-feira (20), mais de 2.000 pessoas se reuniram perto da base da Força Aérea dos EUA conhecida como Área 51, no estado americano de Nevada.

    Participantes da invasão da Área 51 dançam vestidos como alienígenas, em Nevada
    © AFP 2019 / Mario Tama/Getty Images
    Participantes da "invasão" da Área 51 dançam vestidos como alienígenas, em Nevada

    As pessoas chegaram para participar do evento que se tornou viral nas redes sociais e é conhecido como "Invasão da Área 51". O flashmob ocorreu nos territórios próximos das cidades de Rachel e Hiko.

    As pessoas estavam vestidas como alienígenas e teriam o objetivo de "libertar supostos alienígenas do domínio dos militares americanos".

    Mais:

    'Libertação de ETs': assim foi 'invasão' da Área 51 em Nevada
    Área 51: começam os preparativos para invadir a base (FOTOS, VÍDEO)
    General americano alerta para 'segredos' na Área 51 que 'merecem ser protegidos'
    Tags:
    Área 51, EUA, bombardeiros
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar