08:03 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 01
    Nos siga no

    Fenômeno fez milhares de vítimas em seis países da América Central. Furação ameaça agora Cuba e Estados Unidos.

    Pelo menos 26 pessoas morreram e seis estão desaparecidas em função das chuvas causadas pelo furacão Eta, segundo informações divulgadas neste domingo (8) pela Comissão Permanente de Contingência de Honduras.

    Após passagem do furação Eta, o país estima que há mais de 65 mil pessoas em estado incomunicável ​​em 68 comunidades no país. Quase 27 mil hondurenhos foram evacuados de suas casas, e mais de 11 mil estão temporariamente localizados em 175 abrigos.

    A equipe Copeco em ação dando resposta imediata junto com o governador, @VidaMejorHN. Melhores Famílias, Polícia e Cancilleria HN entregam ajuda humanitária às famílias afetadas pela passagem do Eta.

    "Cem rodovias também foram afetadas por deslizamentos de terra e pedras, 21 pontes foram destruídas e 25 danificadas", relatou.

    Nesta segunda-feira (9), nas Ilhas Cayman e em partes de Cuba, são esperadas chuvas de até 650 mm, enquanto nas Bahamas e no sul da Flórida, cerca de 400 mm.

    Além disso, tempestades são esperadas de Marco Island a Miami, na Flórida, com ondas que devem atingir um metro de altura.

    Cachorro observa atrás de um muro gradeado os efeitos de uma inundação causada pelo furacão Eta em Tela, Honduras
    © REUTERS / Jorge Cabrera
    Cachorro observa atrás de um muro gradeado os efeitos de uma inundação causada pelo furacão Eta em Tela, Honduras

    Mais:

    Furacão Delta toca o solo no estado americano da Louisiana
    Cuba envia brigada médica a Honduras
    Ex-presidente de Honduras revela como foi receber vacina russa Sputnik V
    Tags:
    enchente, destruição, furacão, Honduras
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar