06:14 24 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    261031
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que o general iraniano Qassem Soleimani, morto em um ataque norte-americano no Iraque, planejava atacar quatro embaixadas dos EUA no Oriente Médio.

    "Posso revelar que acredito que, provavelmente, seriam quatro embaixadas", disse o chefe de Estado norte-americano em entrevista à Fox News, quando perguntado se ataques em larga escala teriam sido planejados pelo oficial contra outras embaixadas. 

    ​Mais cedo, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que os EUA não possuíam informações precisas sobre a data e o local de um suposto novo ataque que estaria sendo planejado por Soleimani, mas insistiu que haveria "ataques iminentes".

    Na última quinta-feira, Donald Trump disse que os Estados Unidos mataram Soleimani para interromper supostos planos iranianos de explodir a Embaixada dos EUA em Bagdá, alvo de um ataque no final do ano passado que Washington também atribui a Teerã.

    Em 3 de janeiro, Qassem Soleimani, chefe da Força Quds, do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, foi morto no Aeroporto Internacional de Bagdá em um ataque de drone dos EUA por ordem de Trump. Washington disse que o militar iraniano estava planejando atacar alvos norte-americanos e que, ao eliminá-lo, "muitas vidas foram salvas". Mas a ação norte-americana acabou aumentando as tensões na região, levando a retaliações por parte de Teerã contra alvos dos EUA no Iraque.

    Mais:

    Câmara dos EUA aprova resolução para limitar ações de Trump contra Irã
    Irã poderia ter armas nucleares daqui a 1 ou 2 anos, diz chanceler francês
    EUA não devem encorajar aliados da OTAN a agir contra Irã, aconselha especialista
    Tags:
    Mike Pompeo, ataque, embaixada, Donald Trump, Qassem Soleimani, Oriente Médio, Bagdá, Teerã, Estados Unidos, Iraque, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar