Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Mesmo com pressão do Ocidente, Rússia exporta mais petróleo do que antes da operação, diz NYT

© Sputnik / Viktor Filatov / Abrir o banco de imagensExtração de petróleo em Krasnodar, Rússia
Extração de petróleo em Krasnodar, Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 23.06.2022
Nos siga noTelegram
Apesar de Washington e aliados europeus tentarem reduzir com intensidade a economia russa, Moscou arrecadou US$ 1,7 bilhão (R$ 8,8 bilhões) a mais no mês passado do que em abril por sua venda do combustível.
A cooperação dos EUA e da UE contra Rússia e seu petróleo foi e está sendo uma das maiores parcerias dos últimos tempos na geopolítica, com duras sanções e medidas restritivas, o Ocidente esperava "espremer" economicamente Moscou, mas o que se observa é bem diferente.
De acordo com o The New York Times, China e Índia, os países mais populosos do mundo, investiram para comprar aproximadamente o mesmo volume de petróleo russo que teria ido para o Ocidente.
Os preços do petróleo estão tão altos que a Rússia está ganhando ainda mais dinheiro agora com as vendas do que antes do início da guerra, há quatro meses. E sua moeda outrora instável subiu de valor em relação ao dólar.
Em maio, as importações chinesas de petróleo russo aumentaram 28% em relação ao mês anterior, atingindo um recorde e ajudando a Rússia a ultrapassar a Arábia Saudita como o maior fornecedor da China, segundo estatísticas chinesas
Plataforma de petróleo (imagem de referência) - Sputnik Brasil, 1920, 20.06.2022
Panorama internacional
Pequim aumenta importações de petróleo russo para nível recorde
Já a Índia, que antes comprava pouco petróleo russo, agora está trazendo mais de 760.000 barris por dia, de acordo com dados de embarque analisados ​​pela Kpler, uma empresa de pesquisa de mercado.
De acordo com a Rystad Energy, uma empresa independente de pesquisa e análise de negócios citada pela mídia, as vendas de petróleo russo para a Europa caíram 554.000 barris por dia de março a maio, mas as refinarias asiáticas aumentaram sua produção em 503.000 barris por dia – quase uma substituição de um para um.
Embora a Rússia esteja vendendo o petróleo com um grande desconto por causa dos riscos associados às sanções impostas pela invasão da Ucrânia, os preços crescentes da energia compensaram. Moscou arrecadou US$ 1,7 bilhão (R$ 8,8 bilhões) a mais no mês passado do que em abril, segundo a Agência Internacional de Energia
Tanques de armazenamento de combustível da empresa petrolífera russa Lukoil em Bruxelas, Bélgica, 13 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 19.06.2022
Panorama internacional
Exportações de petróleo da Rússia para a Índia disparam após sanções ocidentais, escreve mídia
As compras da China em particular destacaram o apoio que Putin recebe de seu colega chinês, Xi Jinping, que prometeu aprofundar a cooperação com Moscou, conforme noticiado.
Entretanto, alguns apontam que o embargo de petróleo da Europa ainda não entrou em vigor, e dizem que os efeitos de longo prazo do ostracismo econômico da Rússia sobre a guerra continuam sendo um poderoso determinante do destino do país.
Contudo, somente neste mês, estimou o Ministério das Finanças da Rússia, os cofres do governo devem receber US$ 6 bilhões (R$ 31,3 bilhões) a mais em receita de petróleo e gás do que o previsto por causa dos altos preços.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала