Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Em ligação com Putin, Xi oferece apoio da China à Rússia em questões de 'segurança e soberania'

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensO presidente da Rússia, Vladimir Putin, e seu homologo chinês, Xi Jinping, durante coletiva de imprensa de participantes da mesa redonda Um Cinturão e Uma Rota na China, 15 de maio de 2017
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e seu homologo chinês, Xi Jinping, durante coletiva de imprensa de participantes da mesa redonda Um Cinturão e Uma Rota na China, 15 de maio de 2017 - Sputnik Brasil, 1920, 15.06.2022
Nos siga noTelegram
Durante conversa hoje (15), líder chinês disse ao líder russo que "desde o início deste ano, as relações bilaterais [entre China e Rússia] mantêm um sólido impulso de desenvolvimento diante da turbulência e das transformações globais".
Em ligação telefônica nesta quarta-feira (15), Xi Jinping se ofereceu para aprofundar a cooperação com seu colega russo, Vladimir Putin, sinalizando que a operação russa na Ucrânia não afetou o compromisso entre Pequim e Moscou.
Após o telefonema, o Ministério das Relações Exteriores chinês divulgou um relatório sobre a ligação.
Xi disse a Putin que "a China está disposta a trabalhar com a Rússia para continuar apoiando uns aos outros em seus respectivos interesses centrais em matéria de soberania e segurança, bem como em suas principais preocupações, aprofundando sua coordenação estratégica e fortalecendo a comunicação e a coordenação em organizações internacionais e regionais importantes como as Nações Unidas, o mecanismo BRICS e a Organização de Cooperação de Xangai", relata a pasta.
Ao mesmo tempo, o mandatário chinês afirmou que "a cooperação econômica e comercial entre os dois países faz um progresso constante", acrescentando que a ponte rodoviária transfronteiriça Heihe-Blagoveshchensk, inaugurada no último dia 10, criou um novo canal conectando as duas nações, relata o MRE.
"A China também está disposta a trabalhar com a Rússia para promover a solidariedade e a cooperação entre países de mercados emergentes e nações em desenvolvimento, e impulsionar o desenvolvimento da ordem internacional e da governança global em direção a uma direção mais justa e razoável", afirmou Xi.
Os dois chefes de Estado também trocaram opiniões sobre a questão da Ucrânia. O líder chinês enfatizou que Pequim sempre avaliou a situação de forma independente com base no contexto histórico e nos méritos da questão, e promoveu ativamente a paz mundial e a estabilidade da ordem econômica global.
© AFP 2022 / Dominique JacovidesA então chanceler alemã, Angela Merkel, atrás do presidente russo, Vladimir Putin, e do presidente chinês, Xi Jinping, no Osaka Geihinkan para Cúpula do G20 em Osaka (foto de arquivo)
A então chanceler alemã, Angela Merkel, atrás do presidente russo, Vladimir Putin, e do presidente chinês, Xi Jinping, no Osaka Geihinkan para Cúpula do G20 em Osaka (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 15.06.2022
A então chanceler alemã, Angela Merkel, atrás do presidente russo, Vladimir Putin, e do presidente chinês, Xi Jinping, no Osaka Geihinkan para Cúpula do G20 em Osaka (foto de arquivo)
"Todas as partes devem pressionar por uma solução adequada da crise na Ucrânia de maneira responsável", disse Xi, acrescentando que a China, para esse fim, continuará desempenhando seu devido papel.
Por fim, o mandatário asiático declarou a Putin que "o lado chinês está pronto para trabalhar com o lado russo para impulsionar o desenvolvimento estável e de longo prazo da cooperação bilateral prática".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала