Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Rússia vira 2ª maior exportadora de petróleo à Índia em meio às sanções ocidentais

© AP Photo / Rajanish KakadeMotoristas enchem gasolina em posto de gasolina de Mumbai, Índia, 12 de junho de 2022
Motoristas enchem gasolina em posto de gasolina de Mumbai, Índia, 12 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 14.06.2022
Nos siga noTelegram
A Índia comprou somente 3% de seu petróleo da Rússia em março, mas desde então essa participação aumentou para um sexto, ultrapassando países como a Arábia Saudita e Kuwait.
A Rússia se tornou a segundo maior fornecedora de petróleo para a Índia, a terceira maior consumidora mundial de petróleo, revelam dados revelados na segunda-feira (13) pela agência britânica Reuters.
Os dados de rastreamento de petroleiros estudados pela agência mostram que as refinarias indianas tiveram uma alta de importação da Rússia de cerca de 819.000 barris por dia em maio, ou cerca de 25 milhões de barris, em comparação aos 277.000 barris por dia em abril, sendo esta a maior compra mensal da Índia da Rússia.
Um relatório publicado na terça-feira (14) pelo Centro de Pesquisa em Energia e Ar Limpo da Finlândia indica que a Índia comprou petróleo no valor de US$ 3,41 bilhões (R$ 17,45 bilhões) da Rússia entre 24 de fevereiro e 3 de junho.
Extração de petróleo em Krasnodar, Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 06.06.2022
Panorama internacional
Índia pretende dobrar a importação do petróleo russo, informa Bloomberg
A Arábia Saudita normalmente fornece cerca de 17% da demanda mensal de petróleo da Índia e costumava ser sua segunda maior fornecedora de petróleo. No entanto, as refinarias indianas cortaram suas compras de petróleo em maio após a Saudi Aramco, a maior exportadora de petróleo, ter aumentado os preços para todas as regiões. Com o aumento do preço do petróleo bruto Brent no Oriente Médio, sua participação das aquisições da Índia caiu de 71% para 59,7% em abril.
A proporção da Rússia na compra de petróleo da Índia era de apenas 3% em março, e estava posicionada em 10º lugar, muito atrás de países como Iraque, Arábia Saudita, EUA e Kuwait. Em abril, as refinarias indianas já registraram uma proporção do hidrocarboneto russo de 6%, e de 16,5% em maio. O Iraque continua sendo o maior exportador de petróleo para a Índia.
O Ministério das Relações Exteriores da Índia tem sublinhado repetidamente que as refinarias fazem compras com base em seus interesses comerciais, e que o governo não os orienta a utilizar produtoras de petróleo russas.
Os países ocidentais têm imposto cada vez mais restrições à compra de petróleo e gás da Rússia em meio à sua operação militar especial na Ucrânia, levando Moscou a redirecionar sua venda para outras regiões.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала