Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Se bitcoin for verdadeiramente bem-sucedido, reguladores vão 'matá-lo', considera magnata

CC BY 2.0 / Marco Verch / Bitcoin quebrada (imagem ilustrativa)
Bitcoin quebrada (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil, 1920, 17.09.2021
Nos siga no
Ray Dalio, um bem-sucedido gestor de fundos e filantropo norte-americano, considera que se o bitcoin chegar a alcançar um sucesso generalizado, os organismos reguladores "matarão" a criptomoeda.
"Acho que no final do dia, se o bitcoin se tornar realmente bem-sucedido, eles vão matá-lo. Acho que o matarão porque há formas de o matar", disse Dalio em uma conferência em Nova York.
O magnata, fundador do Bridgewater Associates – o maior fundo de cobertura do mundo – afirmou também que a moeda digital não tem valor intrínseco, o que significa que falta valor fundamental e objetivo na moeda.
"Existem muitas coisas em uma perspectiva histórica que não têm um valor intrínseco nem um valor percebido. E então, ficam quentes ou frias. Tudo pode acontecer. Você só precisa saber o que é. Elas podem ser como tulipas nos Países Baixos", afirmou Dalio citado pela CNBC.
Mesmo assim, o investidor considera o bitcoin uma boa alternativa ao dinheiro físico, e ele próprio tem uma pequena quantidade da criptomoeda.
"Penso que vale a pena considerar todas as alternativas para o dinheiro e todas as alternativas para o resto dos ativos financeiros. O bitcoin é uma possibilidade. Tenho certa quantidade de dinheiro em bitcoins", admitiu o multimilionário norte-americano.
A pesar de fortes crises de volatilidade, o bitcoin tem sido bastante bem-sucedido ultimamente. A moeda cresceu quatro vezes nos últimos 12 meses.
Nesta quarta-feira (15), o bitcoin custava cerca de US$ 47.500 (R$ 250.182), mas ultrapassou US$ 60.000 (R$ 316.020) recentemente neste ano.
Depois de converter sua empresa no maior fundo de cobertura, Dalio deixou o cargo de co-CEO em 2017. Atualmente, trabalha como presidente e codiretor de investimentos da companhia. Além do mais, no ano passado, ressurgiu no mundo dos negócios ao lançar a Principles, empresa emergente que desenvolveu um software de gestão de pessoas.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала