- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Governo pagou cerca de R$ 4,3 milhões em cachês para pessoas da mídia fazerem campanha bolsonarista

© AP Photo / Eraldo PeresPresidente Jair Bolsonaro faz sinal de coração para seus apoiadores durante cerimônia no Palácio do Planalto em Brasília, Brasil. Foto de arquivo
Presidente Jair Bolsonaro faz sinal de coração para seus apoiadores durante cerimônia no Palácio do Planalto em Brasília, Brasil. Foto de arquivo - Sputnik Brasil, 1920, 20.08.2021
Nos siga noTelegram
Governo federal teria pagado apresentadores, influenciadores da mídia, radialistas e até dupla sertaneja para fazerem campanha pró-Bolsonaro. Alguns cachês superam a marca dos R$ 400 mil.

De acordo com planilhas disponibilizadas pela Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) entregues à CPI da Covid, cerca de 32 apresentadores e influenciadores receberam cachês para campanhas do governo federal, segundo a Folha de São Paulo.

A mídia relata que, na televisão, as campanhas foram defendidas por apresentadores bolsonaristas ou por quem trabalha em emissoras com uma vertente mais próxima ao governo, como a Record TV e a Rede TV!.

Na Rede TV!, quem faturou pelo menos R$ 122 mil foi o apresentador e um dos donos da emissora, Marcelo de Carvalho.

Outros apresentadores do canal, como Luciana Gimenez, Sikêra Júnior e Luís Ernesto Lacombe também receberam verbas. O pagamento de 11 cachês à emissora foi feito por meio das empresas de Carvalo, a New Mídia Serviços e TV Ômega Ltda, de acordo com a Folha.

© Folhapress / Karime XavierO apresentador e empresário Marcelo de Carvalho em sua sala na RedeTV!, emissora da qual é sócio, em Barueri (SP) (foto de arquivo)
Governo pagou cerca de R$ 4,3 milhões em cachês para pessoas da mídia fazerem campanha bolsonarista - Sputnik Brasil, 1920, 20.08.2021
O apresentador e empresário Marcelo de Carvalho em sua sala na RedeTV!, emissora da qual é sócio, em Barueri (SP) (foto de arquivo)

Já na Record TV, quem encabeça a lista é o apresentador Cesar Filho, ele teria embolsado 11 cachês que somam R$ 525 mil. Seguido por Filho, está a apresentadora Ana Hickmann, apontada na planilha como tendo recebido nove cachês, que somam R$ 411 mil.

Além dos mencionados, nomes como Ticiane Pinheiro, Luiz Bacci e Marcos Mion, que atualmente foi para a TV Globo, fazem parte da lista. Os pagamentos foram feitos por meio da empresa Rádio e Televisão Record.

Os desembolsos foram realizados pela Secom por meio de subcontratação das empresas PPR Profissionais de Publicidade Reunidos, Calia/Y2 Propaganda e Marketing e Artplan Comunicação. Segundo a Folha, todas elas têm contratos com o Executivo federal.

No total, a mídia afirma que o governo federal pagou ao menos R$ 4,3 milhões para apresentadores de TV, radialistas, influenciadores digitais e uma dupla sertaneja para fazerem merchandising do governo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала