04:30 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    13249
    Nos siga no

    Em almoço com deputados e empresários, presidente do PSD afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) corre o risco de ficar de fora da eleição presidencial do ano que vem.

    O presidente do PSD, Gilberto Kassab, disse na terça-feira (17), após encontro com empresários e parlamentares, que o presidente Bolsonaro está caminhando para a derrota no pleito de 2022.

    "É o estilo dele [Bolsonaro]. Está em fim de governo, não surpreende ninguém. É o estilo [do confronto], cuja maior vítima é ele. O desgaste que ele está tendo é por causa dessa postura. Esse estilo de criar polêmica. Isso assusta. Há a questão da pandemia, aquelas manifestações negacionistas, sem máscaras, sem distanciamento social. Ele não respeitou. Isso não surpreende mais ninguém. É o desgaste que o está levando à derrota [...]. Se bobear, nem disputa [a reeleição ano que vem]", disse Kassab após o almoço promovido pela recém-anunciada Frente Parlamentar do Empreendedorismo, presidida por Marco Bertaiolli (PSD-SP), e reproduzido pelo portal Poder 360 nesta quarta-feira (18).

    Nos bastidores, o presidente do PSD tenta impulsionar a candidatura do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), ao Palácio do Planalto. "Esse acirramento de ânimos que o Brasil não quer mais se encaixa no perfil do Rodrigo Pacheco, que é alguém que tem chance de chegar a 25% dos votos", garantiu. Com esse desempenho no primeiro turno, o presidente do Senado poderia tirar Bolsonaro do segundo turno.

    Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, durante coletiva de imprensa
    © REUTERS / ADRIANO MACHADO
    Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, durante coletiva de imprensa

    Kassab acrescentou que o presidente da República estaria "perdidinho" e que os conflitos de Bolsonaro com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) só prejudicam a postulação dele à reeleição. "O Bolsonaro, se é que ele está pensando nisso [em ruptura], está sozinho", concluiu.

    Mais:

    Governadores de 13 estados e do DF divulgam nota defendendo STF de 'constantes ameaças' de Bolsonaro
    No WhatsApp, Bolsonaro cita 'contragolpe' e convoca manifestação para 7 de setembro, diz mídia
    Auditor do TCU diz que Bolsonaro alterou arquivo sobre mortes pela COVID-19 e divulgou como oficial
    Alta cúpula das Forças Armadas adverte Moraes a 'não entrar no ringue' com Bolsonaro, diz mídia
    Tags:
    Gilberto Kassab, Rodrigo Pacheco, Palácio do Planalto, Senado Federal, eleição, reeleição, reeleição, Supremo Tribunal Federal (STF), Supremo Tribunal Federal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar