Pompeo pede que os EUA boicotem as Olimpíadas de Pequim

© AP Photo / Andy WongSecretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, participa de uma coletiva em Pequim, na China
Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, participa de uma coletiva em Pequim, na China - Sputnik Brasil, 1920, 05.03.2021
Nos siga noTelegram
O ex-secretário de Estado norte-americano Mike Pompeo fez nesta sexta-feira (5) um apelo para que os Estados Unidos boicotem os Jogos Olímpicos de Inverno Pequim 2022.

Segundo ele, as "atividades sujas" da China tornaram o país um anfitrião "inapropriado" para as Olimpíadas. As declarações foram feitas em entrevista para uma rádio, para o programa do radialista norte-americano Hugh Hewitt.

"Espero que nossos atletas tenham a chance de participar das Olimpíadas. Eles merecem muito isso. Mas, no final, não podemos permitir que atletas norte-americanos viajem a Pequim e recompensem o Partido Comunista Chinês enquanto eles [estão] fazendo todas as atividades sujas ​​em que estão envolvidos", disse Pompeo, sem especificar a que se referia.

Pompeo, um crítico da China enquanto era secretário de Estado, disse que o governo Trump tentou nos últimos meses convencer o Comitê Olímpico Internacional a suspender os Jogos de Inverno em Pequim.

Vários republicanos, incluindo o ex-embaixador da ONU Nikki Haley – que, assim como Pompeo, é considerado um possível candidato à presidência em 2024 – pediram o boicote.

"As Olimpíadas são uma expressão de liberdade e talento atlético. E realizá-las em Pequim é completamente inapropriado", disse o ex-secretário de Estado.
© REUTERS / Tingshu WangO Ninho do Pássaro e o Cubo d'Água, instalações olímpicas em Pequim
Pompeo pede que os EUA boicotem as Olimpíadas de Pequim - Sputnik Brasil, 1920, 05.03.2021
O Ninho do Pássaro e o Cubo d'Água, instalações olímpicas em Pequim

Acredita-se que Pompeo se referiu ao suposto encarceramento em massa de muçulmanos uigures em Pequim. Em seu último dia de mandato no governo Trump, Pompeo classificou o ato como genocídio.

O sucessor de Pompeo, Antony Blinken, concordou com esta classificação. Porém, nem a administração do presidente Joe Biden nem a equipe de Trump (enquanto ocupava a Casa Branca) se pronunciaram publicamente sobre o boicote às Olimpíadas, que estão marcadas para começar em 4 de fevereiro.

A China condena a acusação e os pedidos de boicote, além de negar o genocídio.

Os Estados Unidos lideraram um boicote às Olimpíadas de Moscou de 1980 devido ao envolvimento soviético no Afeganistão. Quatro anos depois, o bloco soviético boicotou os Jogos Olímpicos de Los Angeles.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала