Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Desmatamento no Cerrado este ano foi o maior desde 2015 e equivale a 5 cidades de São Paulo

© Folhapress / Lalo de AlmeidaFuncionários monitoram um acero na tentativa de controlar um foco de incêndio na fazenda Santa Tereza, na região da Serra do Amolar, no Pantanal do Mato Grosso do Sul. Cerca de 60% da fazenda foi consumida pelo fogo, outubro de 2020
Funcionários monitoram um acero na tentativa de controlar um foco de incêndio na fazenda Santa Tereza, na região da Serra do Amolar, no Pantanal do Mato Grosso do Sul. Cerca de 60% da fazenda foi consumida pelo fogo, outubro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Alta entre agosto de 2019 e julho de 2020 chegou a 13% em relação às perdas no mesmo período dos anos anteriores. Principais ameaças aconteceram pela expansão da fronteira agrícola.

O desmatamento no bioma Cerrado voltou a subir este ano, informou o jornal O Estado de São Paulo citando o Prodes Cerrado, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

O desmatamento equivale a quase cinco vezes a área da cidade de São Paulo e é o maior valor para o bioma desde 2015, quando foi observada uma devastação de mais de 11 mil km².

Nos 12 meses entre agosto de 2019 e julho de 2020 - que compreendem o governo Jair Bolsonaro - foram destruídos 7.340 km² de vegetação nativa, alta de 13% em relação às perdas observadas no mesmo período dos anos anteriores (6.483 km²). 

Os dados divulgados nesta segunda-feira (28) são do projeto Prodes Cerrado, do INPE, que mapeia o desmatamento na região desde 2001, inicialmente a cada dois anos. Desde 2013 é feito anualmente.

Em 2020, o estado do Maranhão foi o que apresentou a maior área de desmatamento (1.836,14 km²), respondendo por 25% das perdas no bioma. Depois dele aparecem o Tocantins (1.565,88 km²) e a Bahia (919,17 km²).

Matopiba

As principais ameaças ao Cerrado ocorrem pela expansão da fronteira agrícola principalmente pela região conhecida como Matopiba, palavra que junta as siglas dos estados de Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. 

© NELSON ALMEIDAVista aérea de plantações ao lado do Cerrado, no município de Formosa do Rio Preto, Bahia
Desmatamento no Cerrado este ano foi o maior desde 2015 e equivale a 5 cidades de São Paulo - Sputnik Brasil
Vista aérea de plantações ao lado do Cerrado, no município de Formosa do Rio Preto, Bahia

O aumento do impacto sobre o Cerrado é semelhante ao que ocorreu na Amazônia no mesmo período. Dados também do INPE divulgados no fim de novembro apontaram alta de 9,5% no último ano do desmatamento na floresta amazônica, a maior taxa desde 2008. Entre agosto de 2019 e julho deste ano, a destruição dela alcançou 11.088 km², ante os 10.129 km² registrados nos 12 meses anteriores.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала