Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Indiano destrói pintos e ovos avaliados em US$ 800 mil devido a fake news sobre coronavírus

© REUTERS / Rupak De ChowdhuriFornecedor separa frangos por tamanho em mercado de galinhas em Calcutá, na Índia (foto de arquivo)
Fornecedor separa frangos por tamanho em mercado de galinhas em Calcutá, na Índia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Um falso rumor sobre o surto de coronavírus na Índia fez com que um fazendeiro destruísse sua criação de pintos e ovos estimada em quase US$ 800 mil (R$ 3,7 milhões).

O avicultor Suresh Bhatlekar, da cidade de Dahanu, no estado indiano de Maharashtra, é um dos muitos produtores avícolas locais que foram vítimas do pânico ligado ao coronavírus, alimentado por postagens em redes sociais que sugerem que a COVID-19 poderia ser transmitida através da carne branca.

Apesar de infundado, o rumor se espalhou em plataformas de mensagens como WhatsApp, levando muitos a pararem de comer frangos e ovos, fazendo com que as vendas de aves sofressem uma queda de 80% em toda a Índia.

Alguns agricultores, lutando para pagar seus funcionários por falta de demanda, estão optando por medidas drásticas.

Indústria avícola

"Devido às perdas, meus trabalhadores não têm trabalho porque eu parei a produção", disse Bhatlekar, citado pelo Hindustan Times, explicando por que ele decidiu destruir cerca de US$ 782 mil de ovos e pintos de um dia de nascimento.

"Produtos e pratos feitos de frango serão servidos às pessoas com desconto. Também será realizada uma campanha de conscientização sobre o vírus em relação à indústria avícola", disse à India Today TV o ministro de criação de animais de Maharashtra, Sunil Kedar.

Além disso, as autoridades estão procurando buscar e processar aqueles que espalham o boato em primeiro lugar.

© AP Photo / Prefeitura de Kumamoto Aves contaminadas por vírus do tipo H5 em uma granja japonesa (foto de arquivo)
Indiano destrói pintos e ovos avaliados em US$ 800 mil devido a fake news sobre coronavírus - Sputnik Brasil
Aves contaminadas por vírus do tipo H5 em uma granja japonesa (foto de arquivo)

Embora exista uma cepa da gripe aviária que pode infectar não apenas aves, mas também humanos, não há evidências científicas de que o novo coronavírus, causador da doença COVID-19, possa ser transmitido pelas galinhas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала