03:18 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    281
    Nos siga no

    Em uma fazenda aviária na região central de Sudair, a cerca de 150 quilômetros da capital saudita, Riad, foi registrado um surto de gripe aviária H5N8, uma infecção viral altamente contagiosa.

    O vírus foi detectado por especialistas do Ministério do Meio Ambiente, Água e Agricultura saudita no dia 30 de janeiro e, nesta terça-feira, as autoridades do país comunicaram a ocorrência à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

    De acordo com as informações providenciadas pelo país, 22.700 aves morreram e outras 385.300 foram abatidas para conter a disseminação do vírus. As equipas de emergência tomaram medidas necessárias no local para controlar o surto, escreve agência Reuters.

    Este é o primeiro surto do vírus aviário H5N8 desde julho de 2018 na Arábia Saudita. O vírus geralmente não é transmitido para os humanos e, embora a Organização Mundial da Saúde (OMS) estime o risco de contágio como baixo, não coloca de lado esta possibilidade.

    Além da Arábia Saudita, a gripe aviária também já afetou o Vietnã, nomeadamente a província vietnamita de Quang Ninh, onde em 18 de janeiro foi registrado um surto de outro vírus, o H5N6, altamente contagioso. Um total de 2.300 aves morreram e outras 300 foram abatidas.

    O H5N6 pode causar graves infeções em humanos, mas os casos são raros e, por isso, a OMS qualifica o risco de propagação a nível internacional como baixo.

    Anteriormente, outro surto de gripe aviária H5N1 foi relatado na província chinesa de Hunan em meio ao esforço do país para intensificar as medidas de combate ao novo coronavírus.

    Este último foi detectado pela primeira vez na cidade de Wuhan, na província de Hubei, em dezembro de 2019, a cerca de 280 quilômetros da fazenda afetada pelo H5N1. As províncias de Hubei e Hunan são vizinhas.

    Mais:

    Novo perigo? Vírus antigos desconhecidos da ciência detectados nas geleiras tibetanas
    China enfrenta luta contra vírus 'demônio', diz Xi Jinping sobre coronavírus
    Tags:
    contaminação, surto, gripe aviária, Arábia Saudita, Vietnã, H5N8, H5N6
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar