Forças do Afeganistão ameaçam fazer ofensiva se Talibã não interromper ataques

© REUTERS / StringerForças de segurança afegãs mantêm vigilância no Afeganistão
Forças de segurança afegãs mantêm vigilância no Afeganistão - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro da Defesa do Afeganistão, Asadullah Khalid, declarou neste domingo que as forças afegãs farão ofensiva a menos que o Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países) interrompa seus ataques nos próximos dias.

"As forças afegãs ocuparão uma posição defensiva sob o decreto do presidente Ashraf Ghani e conforme o acordo de paz. Mas se o Talibã não interromper seus ataques antes do final da semana, nossas forças atacarão o inimigo em qualquer lugar do país", disse Khalid.

Em 7 de março, seis membros do Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) foram mortos e outros 10 ficaram feridos em confrontos com policiais locais na província oriental de Laghman.

No sábado passado, o Talibã e Washington assinaram um acordo de paz que estipulava a retirada de tropas estrangeiras do território afegão nos próximos 14 meses em troca de garantias de que o país não se tornaria um porto seguro para terroristas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала