08:32 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    3319
    Nos siga no

    O aplicativo de mensagens instantâneas do Facebook, WhatsApp, está preparando novas restrições — vinculadas à comunicação com algumas contas de negócios — para os usuários que não aceitem suas condições de privacidade.

    Vários meses atrás, a companhia teria anunciado limitações para quem não aceitasse seus novos termos de uso, mas descartou a possibilidade da eliminação de contas que não o fizessem. Ainda assim, a aceitação dos novos termos será obrigatória para quem use o aplicativo em causa para comunicar com contas oficiais de empresas. 

    Nesses casos, antes de iniciar a comunicação, a rede de mensagens do Facebook enviará uma mensagem ao usuário lembrando que o WhatsApp atualizou seus termos e políticas de privacidade. Contudo, para que haja continuação das comunicações, esse usuário terá de aceitar os novos termos.

    WhatsApp volta a tontear com suas regras: será necessário aceitar os novos termos e condições em um caso específico. Agora, parece que só será necessário aceitar esta política de privacidade para se conectar com determinados perfis de negócios no WhatsApp.

    De acordo com o portal WaBetaInfo, esta nova função entrará em vigor em breve, com uma nova atualização para os sistemas operacionais iOS e Android.

    A decisão de colocar novas restrições teria chegado após muitos usuários do WhatsApp começarem a optar por outros aplicativos de comunicação.

    Mais:

    Segurança e privacidade: membro do BCE explica porque defende introdução de euro digital
    'Facebook não está matando pessoas': Biden clarifica sua fala de desinformação sobre COVID-19
    'Retrocesso para privacidade': chefe do WhatsApp critica Apple por escanear fotos de usuários
    Tags:
    WhatsApp, comunicação, mensagem, atualização, termos, condições, restrições, empresas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar