20:19 12 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo em meados de março de 2021 (83)
    0 100
    Nos siga no

    A empresa Novavax informou nesta quinta-feira (11) que a NVX-CoV2373, vacina da empresa contra a COVID-19, teve 96,4% de eficácia contra a cepa original do novo coronavírus na fase três de testes clínicos.

    Já contra a variante britânica o imunizante teve 86,3% de eficácia. Os testes foram realizados no Reino Unido e envolveram mais de 15 mil participantes, com idades entre 18 e 84 anos. Os resultados estão alinhados com os dados que a empresa havia divulgado em janeiro

    "A eficácia foi de 96,4% […] contra a cepa original do vírus e 86,3% [...] contra a variante B.1.1.7 / 501Y.V1 que circula no Reino Unido", disse a empresa em comunicado.

    De acordo com a Reuters, o imunizante apresentou um índice de 55% contra a variante do novo coronavírus detectada na África do Sul, segundo um outro estudo, feito em separado no país africano.

    Tanto na pesquisa do Reino Unido quanto na da África do Sul, a vacina apresentou 100% de eficácia na prevenção de quadros graves da COVID-19.
    Montagem com supostos frascos de imunizantes da Novavax contra a COVID-19
    © REUTERS / DADO RUVIC
    Montagem com supostos frascos de imunizantes da Novavax contra a COVID-19

    A empresa deve usar os novos dados para enviar pedidos de registro em autoridades sanitárias de vários países. Ainda assim, novos testes da vacina devem ser conduzidos com cerca de 30 mil pessoas nos Estados Unidos e no México até o início de abril.

    A Novavax informou também que está desenvolvendo novas formulações de sua vacina para proteger contra possíveis novas variantes. A empresa planeja iniciar os testes clínicos dessas vacinas no segundo trimestre deste ano.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo em meados de março de 2021 (83)

    Mais:

    'Enfia no r***', diz Eduardo Bolsonaro sobre máscara contra COVID-19
    ONU lança campanha para promover igualdade de acesso às vacinas contra a COVID-19
    União Europeia libera comercialização da vacina da Johnson & Johnson contra a COVID-19
    Brasil registra mais 2.207 mortes e total de vítimas da COVID-19 chega a 273.124
    Tags:
    Estados Unidos, vacina, novo coronavírus, pandemia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar