14:49 24 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    480
    Nos siga no

    O chefe do Serviço da Inteligência Estrangeira russo criticou as acusações britânicas apresentadas contra um terceiro suspeito no caso do envenenamento na cidade inglesa de Salisbury em 2018.

    O chefe do Serviço da Inteligência Estrangeira da Rússia, Sergei Naryshkin, afirmou que a recente declaração da polícia britânica sobre um terceiro participante do caso do envenenamento de Yulia e Sergei Skripal é uma mentira.

    "Para mim, é uma tentativa de esconder ou apoiar a mentira anterior com mais uma mentira", disse Naryshkin.

    Naryshkin sugeriu que as acusações apresentadas são uma tentativa de desviar a atenção da comunidade internacional da "vergonha da fuga" da OTAN do Afeganistão, especialmente dos EUA e seus aliados.

    "Além disso, à luz dos recentes acontecimentos no Afeganistão, isso, provavelmente, também é uma tentativa de distrair o público da vergonha da fuga do Afeganistão, especialmente das tropas dos Estados Unidos da América e seus aliados, representados, inclusive, pelo Reino Unido, de distrair o público do fato que atualmente o bloco OTAN já não consegue manter a segurança nesta ou naquela região do mundo", segundo Naryshkin.

    Nesta terça-feira (21), a Procuradoria da Coroa do Reino Unido apresentou acusações contra um terceiro suspeito no caso do envenenamento do ex-oficial da inteligência militar russa Sergei Skripal e sua filha Yulia.

    Trata-se de um homem chamado Denis Sergeev, que supostamente chegou ao Reino Unido sob o nome de Sergei Fedotov. Em 2018, Londres afirmava que no incidente teriam estado envolvidos oficiais do Departamento Central de Inteligência (GRU, na sigla em russo): Aleksandr Petrov e Ruslan Boshirov.

    Mais:

    Rússia contesta decisão do Tribunal Europeu de Direitos Humanos sobre morte de Litvinenko
    Empresas de energia atômica do Brasil e da Rússia assinam memorando de entendimento
    Sistemas costeiros russos Bastion lançam mísseis contra 'navios do adversário' na Crimeia (VÍDEO)
    Sputnik V: Argentina lançará planta para fabricar vacina russa contra COVID-19 'do zero'
    Tags:
    Rússia, Reino Unido, inteligência, morte, envenenamento, polícia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar